Guardiola dá chilique contra árbitro e é expulso em jogo do City

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (Inglaterra)

  • AFP PHOTO / Anthony Devlin

Em uma semana na qual a arbitragem protagonizou as discussões no futebol paulista, com a polêmica atuação Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza no dérbi entre Palmeiras x Corinthians, o árbitro também assumiu papel de protagonista na Europa. Nesta terça-feira, o trio comandado pelo espanhol Antonio Mateu Lahoz anulou um gol do Manchester City contra o Liverpool e revoltou o técnico Pep Guardiola, que acabou expulso.

O lance ocorreu próximo ao fim do primeiro tempo. Após disputa na área, a bola bateu na coxa de James Milner e sobrou para Leroy Sané, dentro da pequena área, completar para as redes. Seria o segundo gol do Manchester City no jogo, mas a arbitragem anulou o lance por impedimento.

A decisão revoltou o técnico Pep Guardiola, que deu um chilique contra o árbitro na saída para o intervalo. O espanhol tirou Gabriel Jesus e Fernandinho de perto do árbitro, porém, atacou Antonio Mateu Lahoz com um duro discurso enquanto se encaminhava aos vestiários.

A arbitragem expulsou o treinador espanhol, que acompanhou o segundo tempo em uma das cadeiras do Eithad  Stadium, ao lado de Manel  Estiarte, seu braço-direito no clube.

A escalação do árbitro espanhol já fora motivo de reclamação do técnico do City antes mesmo da partida. Guardiola ainda reclama da atuação do espanhol nas oitavas de final da Liga dos Campeões do ano passado. O comandante do clube inglês acusa o árbitro de ignorar um pênalti claro sobre Sergio Aguero no jogo contra o Monaco, que acabou classificado.

UOL Cursos Online

Todos os cursos