Guardiola saca defensores e deixa City ofensivo; Liverpool confirma Salah

Do UOL, em São Paulo

Derrotado por 3 a 0 pelo Liverpool na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, o Manchester City aposta em uma escalação ofensiva para o jogo de ida, nesta terça-feira, às 15h45 (de Brasília), na comparação com a equipe que foi a campo na semana passada.

O técnico Pep  Guardiola confirmou a formação titular com apenas dois zagueiros de origem, Otamendi e Laporte, alinhados com o lateral-direito Kyle Walker, que deverá se revezar entre o apoio ao ataque e a composição da linha defensiva com três homens.

No meio de campo, o City terá apenas um volante: o brasileiro Fernandinho. Na vaga de Gundogan, titular no jogo de ida, a opção do treinador foi pela entrada do meia-atacante  Sterling, acentuando o perfil ofensivo do time, que precisa de uma vitória por três gols de diferença para chegar às semifinais.

Desta forma, o Manchester City irá a campo com Ederson, Walker, Otamendi e Laporte; Fernandinho, De Bruyne, David Silva, Bernardo Silva, Sané e Sterling; Gabriel Jesus.

Já o Liverpool de Jurgen Klopp confirmou a escalação do atacante egípcio Salah, autor de um gol e uma assistência no jogo de ida das quartas de final, mas que foi substituído no segundo tempo com problemas musculares.

Os titulares do Liverpool serão Karius, Alexander-Arnold, Lovren, Van Dijk e Robertson; Milner, Wijnaldum e Oxlade-Chamberlain; Mane, Salah e Roberto Firmino.

UOL Cursos Online

Todos os cursos