Marcelo evita rebater análise de ponto fraco feita por Klopp: "Não vi"

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Kiev (UCR)

  • Reprodução/Facebook

Consagrado no Real Madrid e a uma vitória do seu quarto título de Liga dos Campeões, Marcelo esquivou-se de qualquer controvérsia na véspera da decisão deste sábado contra o Liverpool, no estádio Olímpico de Kiev (UCR), às 15h45 no horário de Brasília. Perguntado diretamente por um jornalista espanhol sobre uma avaliação de um ponto fraco pessoal feita por Jürgen Klopp, técnico do time inglês, o lateral da seleção brasileira desconversou:

"Me falaram sobre isso, mas não vi sair da boca dele", disse nesta sexta-feira na capital ucraniana. "Em final, muitas pessoas querem criar algo que não existe. Estou contente com o meu trabalho e não tenho de provar nada para ninguém. Além disso, também não opino sobre o trabalho dos outros".

Na última terça (22), o tabloide inglês "The Mirror" publicou uma entrevista com Klopp. A publicação promoveu um encontro do técnico com Robbie Fowler, ídolo do clube. Questionado diretamente peo ex-atacante a respeito de espaços deixados pelo time espanhol, o treinador citou o nome do brasileiro.

"Todo mundo viu e parece óbvio. Marcelo, excelente jogador ofensivo, mas ele não sabe defender", afirmou.

Marcelo disputa a sua 11ª edição de Liga dos Campeões. O tricampeão (2014, 2016 e 2017) vive a fase mais goleadora, com três gols em 10 jogos. Caso os merengues vençam o Liverpool, o lateral-esquerdo e Casemiro se tornarão os maiores vencedores brasileiros do torneio, com quatro conquistas. A dupla está empatada com Daniel Alves, Roberto Carlos e Sávio, cada um com três taças.

UOL Cursos Online

Todos os cursos