Monaco é goleado pelo Brugge em casa, e Henry segue sem vencer como técnico

Do UOL, em São Paulo

  • VALERY HACHE / AFP

    Henry soma cinco jogos como treinador do Monaco: dois empates e três derrotas

    Henry soma cinco jogos como treinador do Monaco: dois empates e três derrotas

Thierry Henry completa um mês como treinador de futebol ainda sem ter celebrado uma vitória sequer. Nesta terça-feira (6), o Monaco levou 4 a 0 em casa do Club Brugge (BEL) e deu adeus à Liga dos Campeões da Europa ainda na fase de grupos. É o quinto tropeço seguido da equipe francesa sob comando do técnico recém-contratado.

O time belga resolveu a partida em menos de meia hora, com dois gols de Vanaken e um do brasileiro Wesley. O Brugge saiu na frente aos 12, quando o ex-atleticano Jemerson saiu da área para dar combate mas não conseguiu impedir cruzamento que terminaria em gol fácil de Vanaken. Cinco minutos depois, o mesmo atacante converteu pênalti e ampliou.

Aí foi a vez de Wesley marcar o dele. Com o Monaco todo bagunçado, o Brugge partiu em contra-ataque com o brasileiro pela esquerda. Com um corte seco e um chute forte, o camisa 7 venceu o goleiro Benaglio e fez o terceiro aos 24 minutos. Os visitantes seguraram o placar e, quando tudo parecia definido, transformaram a vitória em goleada aos 40 com gol de Vormer.

Com apenas um ponto no grupo A da Liga dos Campeões, o Monaco acabou eliminado de forma antecipada. Quem ainda segue na briga por classificação são Atlético de Madri e Borussia  Dortmund (nove pontos cada) e o próprio Brugge (quatro). O time francês precisa de vitórias nos jogos que restam para tentar tirar dos belgas a 'vaga de consolação' na Liga Europa.

UOL Cursos Online

Todos os cursos