UOL Esporte Campeonato Mineiro
 
26/02/2010 - 12h31

Sem seis titulares, Cruzeiro terá Roger neste sábado, para ganhar ritmo

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte

Para a partida contra o lanterna Ituiutaba neste sábado, às 17h (horário de Brasília), no Pontal do Triângulo, o técnico Adilson Batista manterá a estratégia de poupar jogadores no Campeonato Mineiro, apesar de o próximo compromisso pela Libertadores, prioridade do Cruzeiro neste semestre, ser apenas em 11 de março.

Seis titulares ficarão fora da lista de jogadores que vão se concentrar a partir das 19h desta sexta-feira. Não serão relacionados para o jogo o goleiro Fábio, o lateral-direito Jonathan, o zagueiro Leonardo Silva, o volante Marquinhos Paraná e os atacantes Thiago Ribeiro e Kléber. Entretanto, a relação oficial sairá apenas no período da tarde, já que o Cruzeiro aguarda ainda a regularização do atacante Kieza.

O técnico Adilson Batista justificou que a ausência de vários titulares diante do Ituiutaba não está relacionada apenas à disputa da Copa Libertadores. “Temos de vivenciar o hoje, mas também ter os devidos cuidados com alguns meses, que a gente tem certeza que são importantes. Em abril, temos uma maratona”, ressaltou.

“Temos de ter os devidos cuidados, porque lá na frente a gente vai precisar de todo mundo inteiro, ter atenção e força. Acho que é importante a gente ir conciliando e é possível levar assim”, acrescentou o treinador.

Enquanto poupará alguns jogadores, o treinador utilizará a partida deste sábado para dar ritmo a outros, como o meia Roger, que participou do segundo tempo da vitória sobre o Atlético-MG, por 3 a 1, e começou o jogo contra o Colo-Colo, mas foi substituído no triunfo por 4 a 1.

“A linha de raciocínio é essa. A gente precisa intensificar alguns atletas, segurar outros e dá para conciliar como fizemos nos últimos dois anos”, salientou Adilson.

Na manhã desta sexta-feira, Adilson comandou o segundo treino tático para o jogo contra o Ituiutaba. Embora tenha recorrido ao esquema 3-5-2 diante da Caldense, no último compromisso no interior de Minas, o treinador não deve utilizar três zagueiros contra o Ituiutaba. “A princípio, é uma linha de quatro”, afirmou.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host