UOL Esporte Campeonato Mineiro
 
27/02/2010 - 18h51

"Mistão" do Cruzeiro sofre, mas vence lanterna Ituiutaba, com gol no fim

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Com apenas dois titulares em campo, o zagueiro Gil e o lateral-esquerdo Diego Renan, e com Roger encarregado de armar o time, o Cruzeiro teve muitas dificuldades para superar o lanterna do Campeonato Mineiro, por 1 a 0, neste sábado, no estádio da Fazendinha. O gol da vitória só aconteceu aos 45min da etapa final, marcado por Fabinho. Dessa forma, o time celeste segue sem empatar nessa edição do Estadual. Em seis jogos são cinco vitórias e uma derrota para o Ipatinga.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
5min - Hugo Leonardo cruza da direita, Rafael corta parcialmente a bola, no rebote Willian Saroa chuta, obrigando o goleiro a defender
25min - Mateus cobra escanteio da esquerda, obrigando Rafael a difícil defesa, para impedir o gol olímpico. Na cobrança do segundo escanteio seguido, Neilor cabeceia para fora
31min - Arbitragem anula gol do Cruzeiro, marcado por Gil, sob alegação de falta no adversário
38min - Claudinei cruza da direita, Hugo Leandro pega de primeira e Rafael faz a defesa
SEGUNDO TEMPO
15min - Olívio passa a Hugo Leonardo, que chuta e Rafael faz mais uma boa defesa
18min - Kieza arrisca o chute e o goleiro Pedro Henrique pega firme, sem dar rebote
27 min - Diego Renan arrisca chute de longe e Pedro Henrique faz difícil defesa
32min - Willian Saroa desperdiça grande chance, ao chutar a bola para fora depois de passar pelo goleiro Rafael
45min - GOOOLLL DO CRUZEIRO!!! Fabinho chuta de longe e vence o goleiro Pedro Henrique

Envolvido também com a disputa da Libertadores, o Cruzeiro, que na última quarta-feira goleou o Colo-Colo, por 4 a 1, no Mineirão, mandou a campo diante do Ituiutaba uma equipe quase toda reserva e no esquema 3-5-2. “Já jogamos com três zagueiros contra a Caldense. Vamos adiantar a marcação”, explicou Adilson Batista, antes do início do jogo, referindo-se à vitória sobre a Caldense, por 2 a 0, em Poços de Caldas há 15 dias. “Não nos entregamos nunca, não deixamos de buscar o gol e fui feliz no chute”, afirmou Fabinho.

O suado triunfo diante do Ituiutaba ampliou para quatro a série de três vitórias seguidas do Cruzeiro, três pelo Mineiro, contra Caldense e Atlético-MG, no clássico, por 3 a 1, além deste sábado, e uma pela Libertadores, diante do time chileno. Dessa forma, a equipe cruzeirense passou a somar 15 pontos, assumindo a liderança provisória. Na próxima quarta-feira, a equipe de Adilson Batista volta a campo, pelo Estadual, para enfrentar o Uberaba, no Mineirão, em jogo adiado pela quinta rodada.

Com a derrota, o Ituiutaba segue na lanterna e cada vez mais ameaçado de rebaixamento. O time do Pontal do Triângulo Mineiro se mantém com um ponto e sem nenhuma vitória, na lanterna do Campeonato. Na próxima quinta-feira, às 19h30, no Mineirão, a equipe visitará o América-MG

Fábio, Jonathan, Leonardo Silva, Marquinhos Paraná, Kléber e Thiago Ribeiro nem viajaram para Ituiutaba. Foram poupados por Adilson Batista. Gilberto, convocado para a seleção brasileira, viajou para se apresentar ao técnico Dunga em Londres, e Elicarlos, contundido, também não jogaram. O volante Henrique, titular, entrou aos 9 minutos do segundo tempo, no lugar de Cláudio Caçapa, mudando o esquema do 3-5-2 para o 4-4-2.

O primeiro tempo começou com pressão do Ituiutaba. Na base da vontade e movido pela necessidade de vitória, o lanterna do Campeonato Mineiro buscou com determinação o seu gol, esbarrando na boa atuação do jovem goleiro Rafael e também na má pontaria de seus jogadores. A equipe cruzeirense demonstrava sentir falta de entrosamento e corria menos que o adversário.

Logo aos 5 min, Rafael fez duas defesas seguidas, impedindo a abertura do marcador pelo Ituiutaba. Em outros momentos da etapa inicial, o jovem substituto do titular Fábio apareceu bem, com defesas importantes, como aos 38 min, em finalização de primeira feita por Hugo Leonardo, após cruzamento de Claudinei.

O Cruzeiro, por sua vez, pouco atacou nos primeiros 45 minutos. Jogando de forma lenta, a equipe visitante ameaçou principalmente em bolas paradas. Aos 31min, Bernardo cobrou falta da direita, cruzando a bola na cabeça de Gil, que fez o gol. O árbitro André Lopes anulou, alegando falta do zagueiro cruzeirense. No minuto final, o mesmo Bernardo cobrou escanteio da esquerda e Thiago Heleno bateu forte, mas para fora.

O atacante Wellington Paulista observou que houve dificuldade para a bola chegar ao meia Roger, o homem responsável pela armação do time. “Eles marcaram bem, muito forte pelo meio”, avaliou o jogador, ao deixar o campo, no intervalo da partida. Para o lateral-direito Mateus, por jogar em casa, o Ituiutaba tem de partir para cima do Cruzeiro, sem dar espaço ao adversário. “Precisamos da vitória para sair dessa zona incômoda”, disse.

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo com o estreante Kieza, ex-jogador do Fluminense, no lugar de Eliandro. O Ituiutaba continuava com muita disposição, o time de Belo Horizonte também corria mais do que na etapa inicial, mas a partida seguia truncada e com poucos lances de perigo. Aos poucos, o time da casa perdendo um pouco do seu ímpeto, enquanto a equipe de Adilson Batista passou a arriscar um pouco mais.

E em chute de longe do volante Fabinho, aos 45min, conseguiu somar mais três pontos, confirmando o seu primeiro triunfo no estádio da Fazendinha. Nos dois jogos anteriores ali disputados, foram registrados uma derrota por 1 a 0 e um empate, em 1 a 1.

ITUIUTABA 0 X 1 CRUZEIRO

ITUIUTABA
Pedro Henrique; Mateus, Kanu, Neylor e Alex Braz; Olívio, Alexandre Porto (Juninho Botelho), Hugo Leonardo (Thiago Ottenio) e Valderrama (Dinho); Willian Saroa e Claudinei
Técnico: Nedo Xavier

CRUZEIRO
Rafael; Thiago Heleno, Cláudio Caçapa (Henrique) e Gil; Pedro Ken, Fabinho, Bernardo, Roger (Camilo) e Diego Renan; Eliandro (Kieza) e Wellington Paulista
Técnico: Adilson Batista

Data: 27/2/2010 (sábado)
Local: Estádio da Fazendinha, em Ituiutaba (MG)
Público: 1.800 pagantes
Renda: R$ 31.100
Árbitro: André Lopes Martins Dias Lopes
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Janete Mara Arcanjo
Cartões amarelos: Claudinei (I), Pedro Ken (C), Kanu (I), Alexandre Porto (I), Gil (C), Cláudio Caçapa (C), Mateus (I), Dinho

Gol: Fabinho, aos 45min do segundo tempo

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host