UOL Esporte Campeonato Mineiro
 
04/03/2010 - 00h42

Atlético-MG "ignora" regulamento e, por ordem de Kalil, volta a BH na 5ª

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Por determinação do presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, a delegação alvinegra não permanecerá em Teófilo Otoni para dar continuidade ao jogo contra o América-TO, interrompido na noite desta quarta-feira, quando estava empatado em 2 a 2, em função de forte chuva que encharcou o gramado do estádio Nassri Mattar.

Segundo a assessoria de imprensa do Atlético, a delegação que foi a Teófilo Otoni seguirá o planejamento que estava previsto. Assim, jogadores e comissão técnica passarão a noite em Governador Valadares, onde estavam hospedados desde terça-feira. O retorno a Belo Horizonte acontecerá às 14h30 (horário de Brasília). Às 16h30, está previsto treino na Cidade do Galo.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o delegado da partida, Júlio César Cosso, disse que a partida será reiniciada nesta quinta-feira, caso a chuva não impeça que se tenha condições de jogo novamente.

“Vamos seguir o regulamento, que prevê que numa eventualidade, como houve, é remarcada a partida para o dia seguinte. O que a Federação vai fazer, seguindo o regulamento. Comunicamos ao Atlético e ao América de Teófilo Otoni o que prevê o regulamento”, afirmou.

O delegado da partida explicou ainda o que acontecerá caso o Atlético não esteja presente. “Isso vai para o departamento da federação, que vai decidir qual medida tomar”, disse.

O regulamento do Campeonato Mineiro, no segundo parágrafo do artigo 42, determina que a suspensão de qualquer partida por mau tempo deva ter os minutos restantes disputados no dia seguinte. Entretanto, o Atlético volta a jogar no Mineirão, contra o Democrata, no sábado, às 17h (horário de Brasília).

 

ATLÉTICO-MG NO TWITTER

Por ter garantido a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil ao golear o Juventus-AC, fora de casa, por 7 a 0, o Atlético não tem partida prevista para o próximo meio de semana. Mas a possibilidade de disputa dos 25 minutos restantes na próxima quarta-feira não agradou o técnico Vanderlei Luxemburgo. “Nós conseguimos ganhar uma data para preparar o time para frente. Agora teremos de vir aqui no meio de semana que vem?”, disse.

 

O árbitro Emerson de Almeida Ferreira comentou a possibilidade de uma das equipes não aceitar que a partida continue nesta quinta-feira, como aconteceu com o Atlético. “Se o campo melhorar, há a possibilidade de remarcar essa partida para amanhã (quinta-feira). Caso não melhore, de acordo com a Federação, vai ser marcada para outro dia, em um novo horário”, afirmou.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host