UOL Esporte Campeonato Mineiro
 
04/03/2010 - 19h43

Kalil critica decisão da FMF que obriga Atlético voltar a Teófilo Otoni

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, criticou a marcação da continuidade da partida contra o América- de Teófilo Otoni, interrompida na última quarta-feira, para o próximo dia 10. Para o presidente atleticano, a cidade do Vale do Mucuri não tem condições de receber jogos de futebol.

“Soltaram uma nota que nós vamos ter de voltar lá quarta-feira para jogar 25 minutos, em uma cidade que o Atlético não pode se hospedar. Para viajar até lá tivemos de pegar um avião e mais 250 quilômetros. Agora o Atlético vai ter de voltar lá para jogar 25 minutos com essas dificuldades”, lamentou Alexandre Kalil, na noite desta quinta-feira, em entrevista à ESPN Brasil.

Para Alexandre Kalil, o estádio Nassri Mattar, em Teófilo Otoni não tem condições de realizar jogos. “É uma coisa completamente maluca fazer o Atlético ir a Teófilo Otoni e também o Cruzeiro a Ituiutaba, em um estádio horrível, que cabem mil e poucas pessoas”, observou.

“Nós estamos acabando com futebol, aniquilando com plantel, jogadores, treinador, agora. É uma bela cidade, mas é uma cidade pólo que não está preparada para o futebol. É como fazer o Grande Prêmio Brasil de fórmula 1 em Belo Horizonte, pois a gente não tem autódromo”, comparou Kalil.

Na tarde desta quinta-feira, a Federação Mineira divulgou nota oficial em seu site, marcando os 25 minutos finais da partida, que se iniciou na última quarta-feira, mas teve de ser interrompida antes da metade do segundo tempo, por falta de condições do gramado, para a próxima quarta-feira, no mesmo local, às 19h30.

“Eles soltaram uma nota oficial no site, mandando voltar é totalmente esculhambado. É uma pena que todos assistam um Campeonato Mineiro totalmente desorganizado como este. A gente vai ter de viajar tudo de novo para jogar 25 minutos em um campo sem condições”, comentou Kalil.

Segundo Alexandre Kalil, a delegação do Atlético optou em voltar para Belo Horizonte nesta quinta-feira, sem terminar a partida, como queriam os dirigentes do América-TO e Federação Mineira, para seguir o planejamento montado pela comissão técnica.

ATLÉTICO-MG NO TWITTER

“O Atlético voltou, pois tinha um planejamento, avião parado na pista, um jantar programado, porque o Atlético vai jogar no sábado. O Campeonato é esculhambação, é campeonato quase de várzea, mas o Atlético não é uma equipe esculhambada”, enfatizou Alexandre Kalil.

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host