UOL Esporte Campeonato Mineiro
 
Pedro Vilela/Vipcomm

Atacante Kléber marca e evita tropeço do Cruzeiro diante do América-T.O. no Mineirão

20/03/2010 - 18h57

Kléber marca no final, e Cruzeiro evita vexame no Mineirão

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Numa prévia para o duelo com o Deportivo Italia pela Libertadores na quarta-feira 24, o Cruzeiro deixou a torcida preocupada. Com titulares em campo, o time celeste encontrou dificuldade para vencer o América-TO, por 2 a 1, de virada, em pleno Mineirão. O alívio celeste veio com gol de Kléber aos 36min da etapa final.

Com a vitória suada, o Cruzeiro manteve a liderança isolada do Campeonato Mineiro com 24 pontos a uma rodada do término da fase de classificação. No domingo 28, o time celeste encerra sua participação nesta fase contra o Democrata em Governador Valadares. 

PRINCIPAIS LANCES
PRIMEIRO TEMPO
26min - GOOOLLL DO AMÉRICA-TO!!! Diego Palhinha lança Chrys, que invade a área e toca no canto esquerdo de Fábio
32min - Julio César recebe na frente, invade a área e toca para o meio. Thiago corta e evita o segundo gol do América
38min - Gilberto é lançado em velocidade, entra livre na área, mas chuta em cima de Fábio Noronha, que evita o empate
SEGUNDO TEMPO
1min - Jonathan cruza da direita e Gilberto cabeceia para a defesa de Fábio Noronha, que evita o empate
14min - GOOOLLL DO CRUZEIRO!!! Roger recebe na entrada da área, corta um adversário e chuta de pé direito no canto direito do goleiro
36min - GOOOLLL DO CRUZEIRO!!! Kléber arrisca da entrada da área e acerta o ângulo superior esquerdo do goleiro Fábio Noronha

O América permaneceu em nono lugar com seis pontos. Na próxima quarta-feira, o time de Teófilo Otoni completa a partida contra o Atlético-MG, interrompida por causa de forte chuva. No domingo 28, enfrenta a Caldense em, Poços de Caldas, na última rodada desta fase.

Depois de encontrar dificuldade no primeiro tempo e sair atrás no placar, o Cruzeiro conseguiu reagir na etapa final. Roger saiu do banco de reservas e marcou o gol de empate. Em seguida, o meia deixou o campo machucado. A vitória veio com Kléber, que a exemplo do companheiro arriscou da entrada da área e foi feliz.

 Agora, o Cruzeiro se volta para a Libertadores. Na próxima quarta-feira, o Cruzeiro enfrenta o Deportivo Italia no Mineirão obrigado a vencer diante da torcida para não correr o risco de se complicar na briga pela classificação à próxima fase da competição continental. Se somar os três pontos, pode até assumir a liderança do grupo 7.

Assim que a bola rolou no Mineirão, o Cruzeiro ensaiou uma pressão sobre o adversário. O América, no entanto, não se intimidou e equilibrou a partida. O time visitante conseguiu segurar o ataque celeste e ainda encontrou espaço para atacar os donos da casa.

A equipe de Teófilo Otoni conseguiu abriu o placar aos 26min, depois de assistência certeira de Diego Palhinha, que deixou o atacante Chrys livre para tocar na saída do goleiro Fábio. O Cruzeiro tentou reagir ainda no primeiro tempo, mas esbarrou na marcação do adversário e ainda correu risco nos contra-ataques.

Na melhor chance criada pelo time celeste, o meia Gilberto, que voltou a time depois de ficar três jogos sem atuar, teve a chance de empatar aos 38min, quando recebeu livre na frente e chutou em cima do goleiro Fábio Noronha, que evitou o gol de empate.

No encerramento da primeira etapa, os jogadores do Cruzeiro ouviram algumas vaias da torcida. O técnico Adilson Batista viu um time sonolento em campo. “Achei um pouquinho sonolento, um pouquinho preguiçoso. Cobrei um pouquinho mais de dedicação, empenho, para que a gente consiga fazer os gols”, disse o treinador, em entrevista a Rádio Itatiaia.

Logo no início do segundo tempo, Gilberto teve a chance de empatar, ao escorar de cabeça cruzamento de Jonathan da direita, mas o goleiro Fábio Noronha fez boa defesa e novamente evitou o empate.

O Cruzeiro voltou com mais vontade e partiu para cima do adversário. Mas a reação só saiu depois da entrada de Roger, que substituiu Gilberto e conseguiu empatar aos 14min. O meia recebeu na entrada da área e acertou o canto direito de Fábio Noronha, que desta vez não evitou o gol celeste.

Depois de empatar, o Cruzeiro tentou pressionar, mas voltou a encontrar dificuldade para furar a marcação adversário. Para piorar, Roger sentiu um problema no tornozelo esquerdo e deixou o campo para a entrada de Pedro Ken.

Quando a partida caminhava para o empate, Kléber recebeu na entrada da área e acertou um chute no ângulo superior esquerdo do goleiro Fábio Noronha para o alívio da torcida cruzeirense.

Uberaba vence fora

O Uberaba venceu o Tupi, por 2 a 1, também de virada, neste sábado, em Juiz de Fora, e foi a 15 pontos, assumindo provisoriamente o sexto lugar na tabela. O time da casa permaneceu em quarto lugar com 18 pontos.

O Tupi abriu o placar aos 26min com o meia Gedeon. O Uberaba chegou ao empate ainda no primeiro tempo, aos 45min, com Rafael Ipuã. O gol da vitória do time do Triângulo Mineiro foi marcado por Thiago aos 9min da etapa final.

CRUZEIRO 2 X 1 AMÉRICA-TO

CRUZEIRO
Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan (Guerrón); Fabinho, Marquinhos Paraná, Henrique e Gilberto (Roger) (Pedro Ken); Wellington Paulista e Kléber
Técnico: Adilson Batista

AMÉRICA-TO
Fábio Noronha; Rodrigo Sena, Luís Henrique Manu) e Jádson; Osvaldir, Dênis, Pablo, Diego Palhinha (Eraldo) e Julio César; Diogo Oliveira (Stefan) e Chrys
Técnico: Gilmar Estevam

Data: 20/3/2010 (sábado)
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 7. 671pagantes
Renda: R$ 109.589,85
Árbitro: Joel Tolentino Damata Júnior
Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago e Pablo Almeida Costa
Cartões amarelos: Kléber, Fabinho, Diego Renan, Leonardo Silva, Marquinhos Paraná, Henrique, Pedro Ken, Thiago Heleno (Cruzeiro); Jádson, Dênis, Pablo, Julio César (América)
Gols: Chrys, aos 26min do primeiro tempo; Roger, aos 14min, Kléber, aos 36min do segundo tempo

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host