UOL Esporte Campeonato Mineiro
 
24/03/2010 - 16h28

Atlético-MG fica no empate em "jogo-relâmpago" e chega ao G4

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

No complemento dos 25 minutos restantes de partida interrompida em 3 de março por causa de forte chuva em Teófilo Otoni quando estava empatada em 2 a 2, Atlético-MG, atuando com dez jogadores, e América-TO não conseguiram mudar o placar inicial nesta quarta-feira à tarde, no estádio Nassri Mattar, em jogo adiado da quinta rodada do Campeonato Mineiro. O empate foi ruim para as duas equipes, que almejavam voos mais altos.

PRINCIPAIS LANCES
PRIMEIRO TEMPO
21min - GOOOLLL DO AMÉRICA!!! Chrys recebe na entrada da área e encobre Aranha, que estava adiantado
26min - GOOOLLL DO ATLÉTICO!!! Coelho cobra falta da meia esquerda, e o goleiro Cristiano, que toca na bola, não evita o gol de empate
26min - Leandro recebe o segundo cartão amarelo e é expulso. O Atlético fica um um jogador a menos
45min - GOOOLLL DO AMÉRICA!!! Após cobrança de escanteio, Luiz Henrique desvia de cabeça e Aranha não segura
46min - GOOOLLL DO ATLÉTICO!!! Ricardinho cobra escanteio da direita, e Osvaldir se atrapalha e marca contra
SEGUNDO TEMPO
20min - Depois de ser paralisada duas vezes, a partida é suspensa por causa da forte chuva, que deixou o gramado encharcado
21min - Aranha não segura bola chutada de longe e dá susto na torcida atleticana
26min - Tardelli recebe lançamento de Jonílson e chuta cruzado para a defesa de Fábio Noronha
39min - Osvaldir cobra falta da esquerda e Jádson desvia por cima do travessão, com perigo
45min - Tardelli recebe de Fabiano, que toca de cabeça, e chuta de perna esquerda. A bola explode no travessão

A partida marcou a volta de Diego Tardelli, que se recuperou de estiramento muscular na coxa esquerda. O atacante, que havia se machucado justamente no jogo interrompido, teve duas chances para dar a vitória ao Atlético. Na primeira, ele recebeu em velocidade e chutou para a defesa do goleiro. Na segunda, no último minuto, acertou o travessão, no principal lance alvinegro nos 25 minutos.

O América, que teve mais volume de jogo, também criou oportunidades para sair de campo com os três pontos. Porém, o placar não mudou no confronto em Teófilo Otoni, que desta vez foi disputado sob sol forte. 

Com o resultado, o Atlético, que almejava a vice-liderança, chegou a 19 pontos e subiu apenas uma posição, entrando no grupo dos quatro primeiros colocados que garantem vantagem na próxima fase. O empate deixou a equipe da capital em quarto lugar, enquanto o Tupi caiu para o quinto, com 18 pontos. Na última rodada, no domingo 28, precisará vencer o Ituiutaba no Mineirão e torcer pelo tropeço de Ipatinga e Democrata-GV para assumir a segunda posição.

O América, que poderia escapar do rebaixamento se vencesse o jogo,  foi a sete pontos e voltou a ocupar o nono lugar. O time de Teófilo Otoni enfrenta a Caldense, concorrente direto contra o descenso, na última rodada para tentar se manter na primeira divisão estadual.

Quando estava empatado em 2 a 2, o jogo foi interrompido pelo árbitro Emerson de Almeida Ferreira aos 20min do segundo tempo por causa do gramado encharcado, que impossibilitou a prática do futebol. A partida foi retomada 21 dias depois de ter sido suspensa.

Assim que a bola rolou, o goleiro Aranha deu um susto na torcida do Atlético, ao não segurar uma bola chutada de fora da área. Porém, conseguiu se recuperar e evitou o gol do adversário. Em seguida, o time alvinegro teve chance de marcar do Diego Tardelli, que recebeu na frente mas chutou em cima do goleiro Fábio Noronha.

A partir daí, o América aproveitou mais o curto tempo e pressionou o Atlético. Aos 39min, Jádson desperdiçou grande oportunidade para desempatar o jogo. No final, aos 45min, o time da capital perdeu excelente oportunidade com Diego Tardelli, que retornou de contusão depois de três semanas sem atuar. O atacante recebeu de Fabiano e acertou o travessão.

Partida suspensa

A partida iniciada em 3 de março foi paralisada duas vezes pelo árbitro Emerson de Almeida Ferreira no segundo tempo. Ao todo, a bola rolou apenas 20 minutos na etapa final antes de ser interrompida em definitivo por causa do gramado encharcado pela forte chuva em Teófilo Otoni.
Os gols da partida foram marcados ainda no primeiro tempo. O América-TO abriu o placar aos 21min com o atacante Chrys, que chutou de fora da área e encobriu o goleiro Aranha. O empate do Atlético veio aos 26min em cobrança de falta do lateral Coelho.

No final da etapa inicial, logo depois da expulsão de Leandro, o time da casa ampliou aos 45min com o zagueiro Luiz Henrique, que desviou de cabeça cobrança de escanteio da esquerda. Um minuto depois o Atlético voltou a empatar. Ricardinho cobrou escanteio e o lateral Osvaldir, em lance infeliz, marcou contra.

No segundo tempo, como a chuva era constante, os jogadores não conseguiram jogar e nada criaram em campo. O árbitro paralisou o jogo aos 9min pela primeira vez. Depois de quase 20 minutos, decidiu dar sequência, mas após 11 minutos suspendeu de vez a partida.

No dia seguinte, na quinta-feira 4, uma vistoria no estádio Nassri Mattar liberou o gramado para a sequência do jogo. O América-TO manifestou o desejo de jogar, mas o Atlético, por determinação de seu presidente Alexandre Kalil, retornou a Belo Horizonte.

Coube então à Federação Mineira de Futebol marcar nova data para o jogo, que foi confirmado para o dia 10, uma quarta-feira. No entanto o Atlético recorreu ao Tribunal de Justiça Desportiva e conseguiu adiar a partida. O TJD-MG remarcou o confronto para esta quarta-feira.

AMÉRICA-TO 2 X 2 ATLÉTICO-MG

AMÉRICA-TO
Cristiano (Fábio Noronha); Osvaldir, Luiz Henrique, Jádson e Júlio César; Araújo, Denis, Pablo e Diego Palhinha; Diogo Oliveira e Chrys
Técnico: Gilmar Estevam

ATLÉTICO-MG
Aranha; Coelho, Werley, Cáceres e Leandro; Jonílson, Correa (Evandro) e Ricardinho (Fabiano); Muriqui (Júnior), Obina e Diego Tardelli
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Data: 24/3/2010 – quarta-feira
Local: Estádio Nassri Mattar, em Teófilo Otoni (MG)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Marconi Helbert Vieira
Cartões amarelos: Leandro (2) (Atlético); Luiz Henrique, Osvaldir, Chrys (América)
Cartões vermelhos: Leandro (Atlético)
Gols: Chrys, aos 21min, Coelho, aos 26min, Luiz Henrique, aos 45min, Osvaldir (contra), aos 46min do primeiro tempo;

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host