UOL Esporte Campeonato Mineiro
 
André Fossati/O Tempo/AE

Diego Tardelli comemora gol do Atlético-MG no triunfo sobre o Ipatinga, por 3 a 2

25/04/2010 - 18h01

Atlético-MG vence Ipatinga fora e aumenta vantagem em final "diferente"

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

No primeiro jogo de uma final “diferente” de Campeonato Mineiro, o Atlético-MG venceu o Ipatinga, por 3 a 2, de virada, na tarde deste domingo, no Ipatingão, ampliando sua vantagem na decisão. O time atleticano, que por ter feito melhor campanha na fase de classificação, jogava por dois empates, poderá até perder a partida de volta, no próximo domingo, no Mineirão, por um gol de diferença, que irá comemorar o 40º título estadual de sua história.

Foi uma partida emocionante e cheia de alternativas, na qual o Ipatinga começou melhor, saiu à frente do placar, permitiu a reação e a virada na equipe de Luxemburgo. Quando o Atlético estava melhor em campo, criando situações para ampliar o marcador sofreu o segundo gol. Os dois marcados pelo Ipatinga foram em lances confusos, cuja autoria teve de ser definida pelo árbitro paulista Sávio Spínola Fagundes Filho. Aos 39 min da etapa final, o time da capital voltou a marcar, com Muriqui, autor de 2 gols.

LUXA: "JOGAM NEYMAR CONTRA MIM"

Depois do jogo em que o Atlético-MG venceu o Ipatinga, por 3 a 2, neste domingo, no jogo de ida na decisão do Mineiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo demonstrou estar com o pensamento voltado para o Santos, adversário do seu time pelas quartas de final da Copa do Brasil. O treinador disse que parte da imprensa e pessoas ligadas ao futebol estão tentando criar um clima ruim entre ele e o atacante Neymar

O Ipatinga, que busca o seu segundo título de campeão mineiro da Primeira Divisão, terá de vencer o Atlético-MG por pelo menos dois gols de diferença, na segunda partida. O time ipatinguense conta com seu bom retrospecto no Mineirão, na atual competição, onde ainda não foi derrotado, em seis jogos ali disputados, com cinco vitórias e um empate, justamente, contra o time alvinegro.

“O Ipatinga fez grandes jogos no Mineirão, não vamos ser demagogos, ficou mais difícil, porque o Atlético ampliou a vantagem, mas temos chance”, afirmou o atacante Danilo Dias. Para o goleiro Aranha, que foi bastante exigido no jogo, não tem nada ganho. “Temos de manter os pés no chão”, disse. “Demos um passo importante, mas não tem nada decidido”, acrescentou Correa.

Antes da segunda parte do confronto, no próximo domingo, às 16h, o Atlético-MG terá um outro compromisso importante e difícil pela frente. A equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo receberá o Santos, na quarta-feira, às 21h50, no Mineirão, no primeiro jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. O time santista também venceu a primeira partida da final do Paulista, por 3 a 2, sobre o Santo André. O Ipatinga, ao contrário, terá a semana inteira para se preparar para tentar repetir o que aconteceu em 2005, quando foi campeão contra o Cruzeiro, no estádio da Pampulha.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
8 mim Danilo Dias rola a bola para chute forte de Leanderson, bem defendido por Aranha
11 min - GOOOLLL DO IPATINGA!!! - Na cobrança de escanteio, após outra defesa de Aranha em chute de Danilo Dias, houve disputa na área atleticana e a bola entrou. O árbitro Sálvio Spínola Fagundes deu gol para Joabe
13 min - Carlos Alberto bate de primeira, Douglas manda a bola para escanteio. No minuto seguinte, Tardelli teve boa chance pela esquerda, mas finaliza fraco, facilitando a defesa de Douglas
GOOOLLL DO ATLÉTICO-MG!!! - Diego Tardelli converte pênalti cometido pelo goleiro Douglas sobre o atleticano Correa
36 min - Diego Tardelli faz boa jogada pela esquerda, cruza para Muriqui, que na pequena área do Ipatinga, desvia de cabeça, mas a bola sai por pouco
SEGUNDO TEMPO
3 min - Joabe chuta forte, obrigandoAranha a difícil defesa
4min - Diego Tardelli chuta forte, Douglas defende, mas dá rebote, Muriqui bate, mas Max põe a escanteio
6 min - GOOOLLLL DO ATLÉTICO-MG!!! Muriqui recebe passe de Tardelli, dribla um marcador e coloca a bola nas redes do Ipatinga
28 min - GOOOLLL DO IPATINGA!!! - Luizinho cobra falta da esquerda do seu ataque e a bola entra, empatando a partida
39 min - GOOOLLL DO ATLÉTICO-MG!!! Júnior bate cruzado e Muriqui desvia para as redes do Ipatinga

Se a participação do Atlético-MG na decisão do título já era esperada, afinal isso acontece pela quarta vez consecutiva, o Ipatinga surpreendeu ao derrotar o favorito Cruzeiro, time de melhor campanha na fase de classificação, por 3 a 1, em pleno Mineirão. E o confronto final opôs o time de melhor ataque contra a equipe menos vazada do certame.

Antes do jogo deste domingo, o Atlético-MG havia marcado 36 gols em 15 jogos, enquanto o Ipatinga tinha sido vazado apenas 14 vezes no mesmo número de partidas. Apesar do bom comportamento ofensivo no Estadual, o time atleticano chegou à primeira partida da decisão inédita, sem sofrer gols há três jogos: empate em 0 a 0 com o Democrata-GV, na semifinal do Mineiro, e vitórias sobre o Sport, por 1 a 0 e 2 a 0 pela Copa do Brasil.

Apesar do forte calor em Ipatinga, o primeiro tempo começou corrido e muito movimentado. A primeira finalização a gol foi do Atlético-MG, por meio do volante Correa, aos 3 min, que pegou de primeira cruzamento de Muriqui. A bola passou perto do gol defendido por Douglas. Depois desse ataque atleticano, no entanto, o Ipatinga se lançou à frente em uma típica pressão da equipe que joga em casa.

Em um intervalo de três minutos, o goleiro Aranha foi obrigado a fazer duas boas defesas. Aos 11min, no entanto, a torcida do Ipatinga comemorou intensamente o primeiro gol, marcado por Sílvio, após cobrança de escanteio da direita. A abertura do placar pela equipe da casa tornou o jogo ainda mais movimentado, já que o Atlético procurou reagir imediatamente.

O time de Luxemburgo criou logo duas oportunidades para empatar. Na primeira, na área do adversário, Carlos Alberto tocou de primeira e Douglas pôs a escanteio, aos 13 min. No minuto seguinte, Diego Tardelli avançou pela esquerda, com liberdade, mas finalizou mal. O chute saiu fraco, facilitando a defesa do goleiro ipatinguense.

O empate atleticano saiu ainda na etapa inicial, aos 29 min, quando Diego Tardelli converteu a cobrança de pênalti do goleiro Douglas sobre o volante Correa, que estava atuando como uma espécie de homem surpresa, chegando constantemente ao ataque. Após o seu gol, o Atlético seguiu pressionando e desperdiçou pelo menos quatro chances – duas com Muriqui, uma com Werley e outra com Tardelli –, enquanto o Ipatinga pouco atacou até o final do primeiro tempo.

Os dois times voltaram com as mesmas formações para o segundo tempo e mantiveram o ritmo forte. O Ipatinga criou logo uma chance para desempatar, aos 3 min, com Joabe e teve sequência de três escanteios. O Atlético-MG respondeu com Tardelli, aos 4min, e dois minutos depois, chegou ao gol da virada, marcado por Muriqui.

O Atlético-MG teve uma grande chance para consolidar a vitória, quando Ricardinho fez boa jogada e deixou Muriqui livre para marcar. O atacante isolou a bola. E seis minutos depois, o Ipatinga empatou, por meio de Luizinho, que cobrou falta da direita e a bola entrou no gol defendido por Aranha.

Depois disso, a partida ficou aberta, com os dois times criando e desperdiçando oportunidades. Muriqui, aos 39 min, fez o terceiro gol atleticano, que soltou o grupo de “é campeão” da torcida atleticana presente no Ipatingão, mesmo com o jogo de volta. O Ipatinga não desanimou e tentou o empate até o final da partida, que teve quatro minutos de acréscimos.

IPATINGA 2 X 3 ATLÉTICO-MG

IPATINGA
Douglas; Sílvio, Max e Éber; Luizinho, Leanderson, Matheus (Afonso), Francismar (Reina) e Marinho Donizete; Danilo Dias e Joabe (Muller)
Técnico: Gilson Kleina

ATLÉTICO-MG
Aranha; Carlos Alberto, Jairo Campos, Werley e Leandro (Júnior); Zé Luís, Fabiano (Jonílson), Correa (Benítez) e Ricardinho; Muriqui e Diego Tardelli
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Data: 25/4/2010 – domingo
Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga (MG)
Árbitro: Sálvio Spíndola Fagundes Filho (Fifa-SP)
Auxiliares: Emerson Carvalho (Fifa-SP) e Vicente Romano (SP)
Cartões amarelos: Jonílson (A) 

Gols: Joabe, aos 11 min, Diego Tardelli, aos 29 min do primeiro tempo; Muriqui, aos 6 min e Luizinho, aos 28 min e Muriqui, aos 39 min do segundo tempo

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host