Reforço uruguaio terá ajuda do amigo Arrascaeta para se adaptar no Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Reprodução/Instagram

    No Cruzeiro, Federico Gino reencontra Arrascaeta, amigos desde os tempos de Defensor

    No Cruzeiro, Federico Gino reencontra Arrascaeta, amigos desde os tempos de Defensor

A semana começou movimentada no Cruzeiro. Na segunda-feira de reapresentação do elenco, o volante Marciel e o meia Bruno Nazário foram apresentados à imprensa. Nesta manhã de terça, foi a vez do também volante Federico Gino ser oficializado como jogador do clube. Aos 22 anos, o jogador terá sua primeira experiência atuando no país. A adaptação, no entanto, não deverá ser um problema, já que o volante encontrará na Toca um velho conhecido. Gino e Arrascaeta são amigos desde os tempos de Defensor-URU.

"Jogamos juntos por cinco anos, somos muito amigos dentro e fora de campo. Desde que nos conhecemos, estamos sempre juntos. Estivemos juntos no Defensor e na seleção", comentou o jogador, citando também o período em que atuaram juntos na seleção de base do Uruguai.

Enquanto concedia sua primeira entrevista como jogador do Cruzeiro, Gino comentou também a ajuda de Arrascaeta para motivá-lo a fechar com o clube mineiro. O atual camisa 10 de Deivid auxiliou a diretoria e passou boas referências do amigo. Na última sexta, data em que Gino foi oficializado, Arrascaeta utilizou as redes sociais para postar uma foto com o novo companheiro e dar as boas-vindas ao novo reforço.

"Ele me falou muito bem sobre o Cruzeiro, que é o maior clube do Brasil. Tem uma infraestrutura totalmente adequada e que torcida é fanática. É um prazer estar aqui", acrescentou Gino, que é nasceu no Rio Grande do Sul, mas é naturalizado uruguaio e também italiano.

"Nasci em Uruguaiana (Rio Grande do Sul) e com dois anos de idade fui para o Uruguai. Entendo muito bem o português, mas não consigo falar muito".

Questionado sobre seu perfil, Gino resumiu em poucas palavras o que a torcida celeste deverá ver em campo. "Sou um volante misto, posso jogar centralizado ou pelos lados. Gosto de tocar a bola e vou deixar minha alma dentro de campo".

Atividade fechou a preparação para pegar o Tombense

No treinamento desta manhã de terça-feira, que encerrou a preparação para o jogo contra o Tombense, o técnico Deivid orientou um treinamento tático na Toca da Raposa sem quatro titulares. Dedé, Marcos Vinícius, De Arrascaeta e Willian foram poupados pelo departamento médico, mas de acordo com o clube não preocupam. Desta forma, os onze atletas titulares para a partida desta quarta-feira, em Muriaé, deverão ser os mesmos do empate sem gols na estreia contra a URT.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos