Atlético-MG repete receita usada com R10 para ter Robinho: salários e bônus

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Shizuo Kambayashi-17.dez.2015/AP

    Robinho teve passagem apagada pelo Guangzhou Evergrande, da China, e pode acertar com o Atlético-MG

    Robinho teve passagem apagada pelo Guangzhou Evergrande, da China, e pode acertar com o Atlético-MG

Em busca de reforços para a disputa da Copa Libertadores, o Atlético-MG negocia com alguns jogadores e corre contra o tempo para fechar contratos antes do começo da fase de grupos da competição. Um dos nomes na lista alvinegra é o atacante Robinho, como confirmou recentemente o presidente Daniel Nepomuceno. A estratégia usada para atrair o jogador revelado pelo Santos foi a mesma que o clube mineiro usou em 2012 para contratar Ronaldinho Gaúcho, como apurou o UOL Esporte.

Ronaldinho jamais teve o salário fixo acima de R$ 400 mil durante os dois anos em que esteve na Cidade do Galo. Mesmo assim, a média salarial do meia durante os meses em que defendeu o Atlético girou em torno de R$ 900 mil mensais. A fórmula? O bom desempenho dentro de campo. Ronaldinho era premiado por cada feito, como gols e assistências, por exemplo.

Com Ronaldinho motivado e em boa forma, os resultados da equipe impulsionaram os ganhos do jogador. O camisa 10 era premiado de acordo com a colocação nas competições disputadas. Assim, recebeu uma bela quantia pelos títulos que conquistou com a camisa alvinegra, especialmente com a Copa Libertadores.

Ídolo e campeão, Ronaldinho se tornou uma máquina de vender produtos. Além de ter uma linha exclusiva, que incluía camisas, bonés e toalhas, entre outros, o meia também tinha uma participação diferenciada em cada camisa de jogo vendida com o seu nome. Somente as camisas oficiais personalizadas com o nome Ronaldinho renderam cerca de R$ 4 milhões ao craque, o que significou um acréscimo de R$ 160 mil por mês em seu salário.

E é assim que o Atlético quer seduzir Robinho. O clube apresentou ao jogador como era com Ronaldinho e ofereceu valores semelhantes. De acordo com apuração do UOL Esporte, a proposta fixa gira em torno de R$ 350 mil mensais.

Dentro do clube mineiro existe uma certa confiança no acerto com o atacante, embora o vazamento da negociação tenha aumentado o número de concorrentes pelo jogador. Para contar com Robinho na fase de grupos da Libertadores, a contratação deve ser fechada nos próximos dias, para que o jogador esteja no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e possa ser inscrito no torneio continental.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos