Atlético-MG aposta em boa Libertadores para ter novas propostas por Pratto

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético MG

    Lucas Pratto tem permanência garantida no Atlético-MG para a disputa da Copa Libertadores

    Lucas Pratto tem permanência garantida no Atlético-MG para a disputa da Copa Libertadores

Não é fácil para qualquer clube brasileiro recusar quase R$ 70 milhões por um jogador de 27 anos. Foi o que fez o Atlético-MG na última semana, ao dizer não para uma oferta do Hebei China Fortune por Lucas Pratto. Os chineses estavam dispostos a pagar 16 milhões de euros pelo atacante (R$ 69 milhões aproximadamente).

Com pouco tempo para fazer a reposição e já com a situação financeira do primeiro semestre resolvida, a direção do Atlético optou em segurar o jogador por pelo menos mais seis. Tempo suficiente para Lucas Pratto disputar mais uma Copa Libertadores pelo clube e, quem sabe, ficar ainda mais valorizado.

"Primeiro que eu não sei se a proposta é mesmo deste valor (16 milhões de euros). Quem sabe onde aperta o calo é o presidente (Daniel Nepomuceno). Mas ele já viabilizou o clube bem. Vendeu o Jemerson e o Giovanni Augusto, então eu acho que pode esperar para vender mais na frente. Se ele até não tivesse vendido alguém, seria preciso mesmo. Mas como vendeu e vendeu o Jemerson muito bem, por exemplo, pelo nível dos valores que estamos vendo por acho que o Atlético pode se dar ao luxo de esperar um pouco mais", comentou o diretor de futebol Eduardo Maluf, mostrando otimismo numa futura janela.

"Já fizeram propostas agora. Acredito que na próxima vez vão vir atrás dele de novo e com valores semelhantes", comentou o dirigente alvinegro.

Somente com as negociações envolvendo Jemerson e Giovanni Augusto o Atlético embolsou cerca de R$ 50 milhões. Quantia suficiente para o clube não ter sufoco financeiro nos próximos meses. Além disse, recentemente o Atlético renovou contrato de transmissão do Campeonato Brasileiro e recebeu luvas por isso. Mais dinheiro que ajudaram na manutenção de Lucas Pratto para a disputa da Libertadores.

Assim como a proposta para o Atlético era muito boa, para Lucas Pratto não era diferente. O argentino teria um salário quase cinco vezes maior do que recebe atualmente. Para compensar, o Atlético fez com que Pratto se tornasse garoto-propaganda da Dryworld. O jogador, inclusive, já gravou comercial com a nova camisa do clube, que vai ser lançada no dia 15.

Com isso, mesmo permanecendo no Brasil, o argentino vai ganhar mais do que recebeu na primeira temporada como jogador do Atlético. "Tivemos uma proposta por ele e o presidente recusou. O Lucas Pratto é o garoto-propaganda da Dryworld, vai ser assim em todo o país. Então, ao invés de ele ganhar um reajuste, o presidente arrumou esse contrato para ele", explicou o diretor Eduardo Maluf.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos