Patrocínio para Robinho só vale se atacante aceitar proposta do Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Leo Correa/Mowa Press

    Histórico na seleção brasileira faz de Robinho um jogador atrativo para a Dryworld

    Histórico na seleção brasileira faz de Robinho um jogador atrativo para a Dryworld

O Atlético-MG não esconde de ninguém que mantém conversas para ter o atacante Robinho. O presidente do clube, Daniel Nepomuceno, revelou nesse domingo que aguarda nos próximos dias a reposta do jogador que estava no Guangzhou Evergrande, da China.

Um dos trunfos do Atlético para contratar Robinho é o recente acerto com a Dryworld. A empresa canadense entrou no mercado brasileiro nesta temporada e tem investido pesado para se tornar conhecida. Além do clube mineiro, outras três equipes já assinaram com a nova fornecedora de material esportivo. Fluminense, Goiás e Santa Cruz. A Dryworld pretende ainda acertar com pelo menos mais dois clubes brasileiros.

Além das camisas de grandes times brasileiros, a empresa canadense mira também o acerto com jogadores. Para que os atletas possam divulgar ainda mais a marca recém-chegada no futebol brasileiro, que projeta expansão para toda a América Latina. Tanto que a permanência de Lucas Pratto no Brasil só foi possível com esse acerto, já que o camisa 9 do Atlético se torna um dos embaixadores da Dryworld em solo sul-americano.

Com a possibilidade de Robinho atuar pelo Atlético e com o atacante que disputou duas Copas do Mundo sem contrato com sua antiga patrocinadora, a Nike, a Dryworld tem ajudado o Atlético nas negociações. Robinho tem em mãos uma proposta de dois anos da empresa canadense. Os números impressionam, como apurou o UOL Esporte. Porém, uma cláusula no contrato é totalmente favorável ao Atlético. O acordo só vai ser válido se Robinho assinar com o clube mineiro. Nada impede de a marca assinar apenas com o jogador, mas o desejo da Dryworld é que os atletas escolhidos atuem pelas equipes patrocinadas por ela, pelo menos neste primeiro momento.

A estreia do Atlético na Libertadores está marcada para a próxima semana, no dia 17. Portanto, o clube tem até o dia 15 para mandar a lista dos 30 inscritos para a disputa da fase de grupos do torneio. Por isso, o Atlético cobra uma definição rápida do atacante. A expectativa é que uma resposta, positiva ou negativa, seja dada até quarta.

"Todo mundo sabe a relação que o Robinho tem com o Santos, procuramos parceiro, a Dry World vai nos ajudar a buscar nomes de peso. O Robinho não acertando a situação com o Santos, o Atlético está com as portas abertas, fizemos melhor proposta", disse Daniel Nepomuceno à Rádio Itatiaia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos