Time B do Atlético-MG perde 100% e pode até deixar liderança do Mineiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético MG

    Guarani-MG e Atlético-MG se enfrentam pela terceira rodada do Campeonato Mineiro

    Guarani-MG e Atlético-MG se enfrentam pela terceira rodada do Campeonato Mineiro

Deu calo nas vistas! O Atlético-MG foi a Divinópolis, na tarde deste sábado (13), para enfrentar o Guarani-MG, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, e fez um péssimo jogo. Diego Aguirre decidiu poupar os titulares e teve que se contentar com o 0 a 0 obtido no estádio Farião.

Com o resultado deste fim de semana, o Atlético, que estreará na Copa Libertadores da América na próxima quarta-feira (17), pode deixar a liderança do Estadual. Com sete pontos conquistados, a equipe torce contra Villa Nova (com sete) e Cruzeiro (com quatro), que enfrentarão América-MG e Tupi, respectivamente, para seguir no topo da tabela de forma isolada.

O time interiorano, por sua vez, chega à quarta colocação, com quatro pontos, ultrapassando o Tricordiano, mas pode terminar a rodada até na oitava posição, conforme os resultados das partidas disputadas neste domingo (14) e na quarta-feira.

Ficha técnica
Guarani-MG x Atlético-MG

Local: estádio Farião, em Divinópolis (MG)
Data: 13 de fevereiro de 2016 (sábado)
Hora: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Augusto Magno Ramos
Cartão amarelo: Murilo Henrique, Felipe Cordeiro, Lula (Guarani-MG); Henrique, Gabriel (Atlético-MG)

Guarani-MG
Leandro; Felipe Cordeiro, Lula, Murilo Henrique e Iago; Renan Silva (Denilson), Genalvo, Felipe Caldeira e Carlos Renato; Jonathan (Romarinho) e Marcos Vinícius (Júnior Barros).
Técnico: Ricardo Leão.

Atlético-MG
Giovanni; Carlos César, Edcarlos, Erazo e Mansur; Lucas Cândido, Eduardo, Gabriel e Dodô; Pablo (Renan) e Henrique (Yago).
Técnico: Diego Aguirre.

O jogo

  • Primeiro tempoO Guarani-MG chegou ao ataque com frequência nos minutos iniciais. Ainda um pouco desentrosado - e nada ambientado ao sistema com três zagueiros -, o Atlético-MG cedeu espaços ao adversário e, por pouco, não teve a sua rede balançada com o volante Renan Silva. O goleiro Giovanni fez uma defesa espetacular. O time da capital mineira só criou uma chance no final da primeira etapa. O jovem Dodô aproveitou erro de Lula e finalizou de primeira. A bola foi facilmente defendida por Leandro. O meia-atacante ainda teve outra chance, mas bateu muito mal e mandou para fora.
  • Segundo tempoNa volta do intervalo, a expectativa era que o Atlético-MG voltasse melhor em campo. Entretanto, o que se viu foi a queda de rendimento da equipe visitante. Por outro lado, o Guarani-MG manteve o bom futebol e, por pouco, não balançou a rede. Giovanni fez uma defesa impressionante em finalização de Jonathan e evitou que o time de Diego Aguirre perdesse a invencibilidade no Campeonato Mineiro. A única oportunidade do Atlético na etapa complementar saiu em cobrança de escanteio de Dodô. Edcarlos cabeceou firme e, por pouco, não mandou no canto esquerdo de Leandro.

Destaques

  • Patrocínio antigo?O Atlético-MG acertou um patrocínio com a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 13,5 milhões por ano. Entretanto, no jogo deste domingo, dois atletas - o volante Gabriel e o atacante Henrique - utilizaram camisas com a estampa da MRV Engenharia, antiga patrocinadora máster. O equívoco foi corrigido aos 25 minutos do primeiro tempo, quando o árbitro Gabriel Murta Barbosa Maciel assinalou parada técnica para que os atletas se hidratassem.

Melhores

  • Giovanni, Atlético-MGO substituto de Victor foi o principal nome dos reservas do Atlético-MG no empate por 0 a 0 contra o Guarani-MG. O goleiro fez defesas impressionantes - uma no primeiro e outra no segundo tempo -, garantindo a igualdade no estádio Farião, em Divinópolis.

Piores

  • Mansur, Atlético-MGO futebol apresentado pelo lateral esquerdo foi muito abaixo do esperado. Ele errou domínios simples e passes curtos. Sem dúvidas, foi o pior em campo. O estado do gramado também não contribuiu nos lances em que cometeu estes equívocos. Na marcação, encontrou dificuldades e deu brechas, sobretudo no primeiro tempo.

Próximos Jogos - Atlético-MG

  1. Fluminense FLU
    Atlético-MG CAM
  2. Ponte Preta PON
    Atlético-MG CAM
  3. Atlético-MG CAM
    Palmeiras PAL
  4. Avaí AVA
    Atlético-MG CAM
  5. Atlético-MG CAM
    Vitória VIT

UOL Cursos Online

Todos os cursos