Técnico aposta em Robinho para resolver problema de criação no Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Robinho, atacante do Atlético-MG

    Robinho, atacante do Atlético-MG

Com a saída de Giovanni Augusto para o Corinthians, uma dúvida paira na Cidade do Galo? Quem será o responsável pelo setor de criação. Na cabeça de Diego Aguirre, a pergunta já tem uma resposta – ou melhor, duas. Robinho e Cazares serão os responsáveis por ocupar a região central do meio de campo.

O treinador uruguaio ainda não sabe exatamente quem terá a responsabilidade de municiar os pontas e o centroavante Lucas Pratto no setor de criação, mas demonstra tranquilidade. Ele crê que o Rei das Pedaladas e o meia-atacante equatoriano têm qualidade suficiente para desempenhar esta função.

"Ainda temos o Cazares para entrar na equipe e o Robinho pode jogar perfeitamente nesta posição (que era do Giovanni Augusto). Acho que estamos bem servidos para o meio de campo", declarou o comandante.

A primeira oportunidade de Juan Cazares pode aparecer já nesta quarta-feira (17), quando o Atlético vai ao Peru para enfrentar o Melgar, pela partida de estreia da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Esta ao menos é a previsão do técnico alvinegro.

"Ele está na lista para o jogo. Se até terça-feira falarem que ele está habilitado, ele será parte da equipe. É um jogador muito valioso e seria muito bom que ele estivesse pronto para jogar", avaliou Diego Aguirre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos