Volta à casa do 1º gol vira inspiração para camisa 10 se firmar no Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Foi na Arena do Jacaré que o argentino marcou o primeiro dos atuais dez gols pelo Cruzeiro

    Foi na Arena do Jacaré que o argentino marcou o primeiro dos atuais dez gols pelo Cruzeiro

Maior contratação do Cruzeiro para a temporada de 2015, o meia De Arrascaeta ainda não conseguiu se firmar como titular absoluto no time mineiro. Tratado como joia, o meia teve grande atuação em seu primeiro estadual, ainda no ano passado, mas colecionou desempenhos instáveis e uma falta de sequência ao longo do ano.

Nesta temporada, o jogador começou na reserva, mas recuperou o posto no time principal no último final de semana e terá como injeção de ânimo o retorno à Arena do Jacaré, local onde balançou as redes pela primeira vez com o Cruzeiro, em jogo contra o Villa Nova-MG. O reencontro será contra o Tricordiano, pela quarta rodada do Mineiro. Apesar da equipe ser sediada em Três Corações, o estádio Elias Arbex ainda encontra-se em reformas, e por isso o jogo foi transferido para Sete Lagoas.

"O jogo será no mesmo estádio, teremos que estar focados para fazer uma grande partida, somar pontos e retomar a confiança", comentou o argentino, que marcou seu primeiro gol pelo Cruzeiro em março de 2015, na sétima rodada do Mineiro, após realizar três jogos pelo estadual e dois pela Libertadores daquele ano.

Bastante visado também nas convocações do Uruguai, as constantes convocações impediram que o meia alcançasse uma sequência de jogos em Minas Gerais. Foi com Marcelo Oliveira que o argentino mais conseguiu se manter como titular, começando sete partidas seguidas entre os onze. Com Luxa, o número caiu para seis e diminuiu apara quatro com Mano. Neste ano, a instabilidade continuou após duas partidas como titular e duas entre os suplentes, mas o bom desempenho nos últimos confrontos contra Tupi e Fluminense resgataram sua autoconfiança.

"Tem momentos em que o jogador não se sente bem e as coisas não saem como imaginamos. Mas precisamos ter confiança para aproveitar as chances. Me sinto cada vez melhor", acrescentou o garoto, que já contabiliza 47 jogos, dez gols e seis assistências pelo clube celeste.

O mais recente companheiro de sucesso de Arrascaeta é o atacante Élber. Juntos, os dois têm protagonizado uma dupla perigosa dentro de campo. Contra o Tupi, o argentino presenteou o garoto para base, que marcou o gol da vitória. Já na última quarta, foi a vez de Élber retribuir e dar um gol ao meia da camisa 10. Neste sábado,

"Ele é um cara habilidoso, técnico, não é à toa que deu um grande passe para mim. Ele dispensa comentários, vamos buscar jogar mais juntos para que a parceria possa continuar saindo bem", diz o amigo Élber, que não será titular, mas será uma das opções de Deivid no banco.

TRICORDIANO x CRUZEIRO

Motivo: 4ª rodada, Campeonato Mineiro 2016
Data/hora: 20/02/2016, às 19h30
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira
Assistentes: Magno Arantes Lira e Marciano Pires de Lima

TRICORDIANO: Marcão; Marquinhos, Carlos Bruno, Paulo e Gérson; João Paulo, Rodrigo Paulista, Bruno Moreno e Juninho Arcanjo; Leandro Love e Petter. Técnico: Josué Teixeira.

CRUZEIRO: Fábio; Fabiano, Dedé, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique, Lucas Romero e Ariel Cabral (Sánchez Miño); Arrascaeta, Alisson e Rafael Silva (Willian). Técnico: Deivid.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos