Cruzeiro vence com erro de arbitragem e se torna líder absoluto do Mineiro

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Luciano Santos / Light Press / Cruzeiro

    Alisson comemora gol em vitória do Cruzeiro sobre a Caldense

    Alisson comemora gol em vitória do Cruzeiro sobre a Caldense

O Cruzeiro é o novo primeiro colocado do Campeonato Mineiro. Mesmo com todas as críticas feitas à forma de jogar, o time de Deivid é o líder absoluto da competição. Alisson, em um lance irregular, foi o responsável por balançar a rede na partida diante da Caldense, no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas, neste domingo (6), e garantir a vitória, por 1 a 0, em duelo válido pela sexta rodada do regional.

Com o resultado, a equipe de Belo Horizonte ultrapassa o Uberlândia, antigo líder do torneio, e chega a 14 pontos. O Atlético-MG é o novo vice-líder. Os comandados de Diego Aguirre somaram apenas 13 em seis jogos.

Atual vice-campeã estadual, a Caldense luta contra o rebaixamento até agora. A equipe de Gian Rodrigues ocupa a nona colocação, com seis pontos conquistados, apenas um a mais que o Guarani-MG, primeiro da zona da degola.

Ficha técnica
Caldense x Cruzeiro

Local: estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG)
Data: 6 de março de 2016 (domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Ricardo Junio de Souza
Cartões amarelos: Marcel (Caldense); Fabiano, Arrascaeta (Cruzeiro)

Gols: Alisson – 12/1ºT (0-1)

Caldense
Neguete; Jefferson Feijão, Paulão (Marx), Rafael Estevam e Marcelinho; Marcel, Michel Benhami, Michel Elói (Marcinho) e Tiago Azulão (Edu); Ewerton Maradona e Rafamar.
Técnico: Gian Rodrigues.

Cruzeiro
Fábio; Fabiano (Mayke), Léo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero, Henrique e Ariel Cabral; Arrascaeta (Elber), Alisson e Willian (Douglas Coutinho).
Técnico: Deivid.

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Cruzeiro encontrou dificuldades na chegada ao setor ofensivo. A transição da bola entre defesa e ataque não foi tão eficiente quanto se esperava. Ariel Cabral, Alisson e Giorgian De Arrascaeta foram muito bem marcados e tiveram ainda mais complicações devido à chuva que caiu em Poços de Caldas, deixando o gramado mais pesado. A posse de bola do visitante, porém, foi muito superior. O que salvou o time de Deivid no primeiro tempo foi a bola aérea (e o erro da arbitragem). Alisson aproveitou desvio de Bruno Rodrigo após escanteio cobrado por Arrascaeta e, em posição irregular, apenas empurrou para o fundo da rede.
  • Segundo tempoNa volta do intervalo, o Cruzeiro caiu de rendimento. A chuva dificultou ainda mais a troca de passes do time de Deivid. A Caldense, por sua vez, não tomou conhecimento e partiu para cima do visitante. O quarteto formado por Michel Elói, Tiago Azulão, Rafamar e Ewerton Maradona trabalhou muito bem a bola e criou boas oportunidades. O goleiro Fábio foi o responsável por salvar a equipe com boas defesas. Na base dos contragolpes, o Cruzeiro encontrou espaços com Willian. O atacante, por pouco, não deixou a sua marca. Alisson e Arrascaeta também fizeram uma partida consistente na etapa complementar. Mas não foi o suficiente para balançar a rede novamente.

Melhores

  • Fábio, CruzeiroO goleiro fez defesas fundamentais e garantiu o triunfo do Cruzeiro. No segundo tempo, o lance mais marcante foi uma intervenção após finalização de Rafamar na grande área.

Piores

  • Mayke, CruzeiroO lateral direito entrou na vaga de Fabiano durante o intervalo e não correspondeu às expectativas. A Caldense utilizou bastante o seu lado do campo para chegar ao ataque. Ele ainda teve dificuldades para ir à linha de fundo e realizar cruzamentos.

Próximos Jogos - Cruzeiro

  1. Cruzeiro CRU
    Sport SPT
  2. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  3. Cruzeiro CRU
    Santos SAN
  4. Chapecoense CHA
    Cruzeiro CRU
  5. Cruzeiro CRU
    Bahia BAH

UOL Cursos Online

Todos os cursos