Deivid espera mais cobranças no Cruzeiro e pede "atenção 24h por dia"

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Técnico Deivid, em treinamento do Cruzeiro na Toca da Raposa

    Técnico Deivid, em treinamento do Cruzeiro na Toca da Raposa

Tranquilidade não é uma palavra que está no vocabulário de Deivid desde a sua efetivação na função de técnico do Cruzeiro. Neste domingo (6), com a vitória por 1 a 0 sobre a Caldense, a sua equipe chegou à primeira colocação do Campeonato Mineiro. O fato deveria ser sinônimo de calmaria na Toca da Raposa II, certo?

Nada disso! O comandante garante que requer atenção por 24 horas quando se está à frente de uma equipe do patamar do Cruzeiro e já demonstrou preocupação com o jogo diante do Atlético-PR, na próxima quarta-feira (9), pela terceira rodada da Primeira Liga, competição a qual o time está eliminado.

"Tranquilidade é sempre bom ter, mas em um clube como o Cruzeiro, que é grande, você tem que estar atento por 24 horas. Não tem tempo de respirar. Vamos comemorar hoje o resultado, a vitória, mas ficaremos atentos, porque quarta-feira tem mais".

Por mais que seja líder isolado do Estadual, com 14 pontos, o treinador crê que a exigência em seu atual clube não reduzirá: "Eu sou líder da competição e vou continuar sempre tendo cobrança. Eu quero ganhar sempre, independente do resultado, seja por 1 a 0 ou meio a zero", concluiu.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos