Zagueiro discreto colhe os frutos da estreia e já pede passagem no Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Divulgação/Cruzeiro

    Zagueiro está no Cruzeiro desde 2008 e fez sua estreia como profissional na última quarta

    Zagueiro está no Cruzeiro desde 2008 e fez sua estreia como profissional na última quarta

Estrear no time profissional de uma grande equipe do futebol brasileiro não é tarefa fácil. Realizar uma boa partida dentro do Mineirão e ainda receber elogios do treinador é ainda melhor. Foi mais ou menos assim a estreia de Bruno Viana pelo Cruzeiro. O zagueiro de 21 anos tem um estilo discreto, mas aproveitou bem a oportunidade na despedida da Primeira Liga e deixou a partida contra o Atlético-PR como um dos destaques na vitória de virada. Mesmo com os pés no chão e ciente da forte concorrência no setor, a boa apresentação não impede o garoto de sonhar com voos mais altos.

"É a realização do sonho de todo mundo que tem o desejo de jogar e ama futebol. Foi muito legal as postagens da família nas redes sociais. Fico muito feliz por ter vivido aquele momento de muita positividade, tomara que aconteça mais vezes. Sou muito zen mesmo. Gosto de ficar fora da confusão. Sou tranquilo, tímido e falo pouco. Mas, dentro de campo, tenho que ficar atento e jogar", comentou.

Fluminense de Macaé, Bruno alega ter deixado o estilo sossegado de lado quando está atuando, mas na prática o jogador aproveitou o jeitinho come quieto dos mineiros para passar uma tranquilidade que até o fez parecer um veterano entre as quatro linhas. Cobrindo a faixa direita da zona defensiva, o zagueiro foi um dos destaques contra o Furacão, desarmando por duas vezes e só errando dois dos 48 passes.

"Avalio de uma forma muito positiva, não por mim, mas também pelos companheiros que atuaram bem. Feliz com a vitória e também por ter jogado bem. Estamos todos disponíveis. Saímos atrás, mas viramos o jogo. O Deivid vai olhar pra gente sim, para o próximo jogo", acrescentou.

Comandados por Pedrinho, o Cruzeiro venceu o Atlético-PR por 2 a 1 no último jogo da fase de grupos da Primeira Liga. Já desclassificado, o time mineiro contou com jogadores reservas em campo, que fizeram um primeiro tempo fraco, mas evoluíram na etapa final e desbancaram os paranaenses. Em sua coletiva de imprensa, o auxiliar de Deivid elogiou a postura dos atletas e considerou o jogo como ótima oportunidade para aumentar o leque de opção do treinador, que ainda procura encaixar a equipe e definir seus onze jogadores ideais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos