Deivid crê que jogo do Mineiro foi "o melhor" do Cruzeiro sob seu comando

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Deivid, técnico do Cruzeiro

    Deivid, técnico do Cruzeiro

Deivid não tem dúvidas. A goleada sobre o Uberlândia, por 3 a 0, na noite dessa terça-feira (14), no Mineirão pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, representou a melhor partida do Cruzeiro sob o seu comando.

Criticado por parte da torcida e cobrado publicamente até pelo presidente Gilvan de Pinho Tavares, o treinador teve o cargo ameaçado. Ele chegou, inclusive, a ser convocado para uma reunião extraordinária com a diretoria após o empate com o América-MG. Entretanto, após o duelo desta semana, o comandante demonstrou mais tranquilidade.

Questionado se o duelo contra o time do Triângulo Mineiro foi o melhor desde que substituiu Mano Menezes na Toca da Raposa II, o ex-centroavante não titubeou:

"Claro (que foi o melhor jogo sob meu comando). Sabemos que temos que melhorar muito ainda. Estamos crescendo aos poucos, jogamos contra uma grande equipe, que está com 12 pontos e a segunda defesa menos vazada da competição. É um trabalho de todos, da comissão técnica, da diretoria e dos jogadores. Isso é importante", afirmou.

Empolgado com a exibição de seus comandados, Deivid fez questão de enaltecer o apoio da torcida que compareceu ao Mineirão nessa terça-feira:

"Foi o melhor jogo, sem dúvidas, fizemos um jogo de marcação pressão, com linhas próximas. O mais importante, quando a gente está jogando no Mineirão, e bem, a torcida incentiva e apoia. Eu fui atleta do clube e sei o quanto o torcedor apoia e nos ajuda. É uma coisa que tive em 2003 aqui e sei o quanto é forte e importante esse apoio", acrescentou.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos