Clube argentino cobra pagamento do Cruzeiro por compra de meia

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Pisano foi comprado por cerca de R$4 milhões e Independiente cobra a primeira parcela

    Pisano foi comprado por cerca de R$4 milhões e Independiente cobra a primeira parcela

Um dia depois da Minas Arena, administradora do Mineirão, cobrar uma dívida do Cruzeiro pela utilização do estádio, o Independiente, equipe da Argentina, também enviou uma notificação à agremiação mineira para solicitar o pagamento da primeira parcela referente à compra do meia Matías Pisano.

Pisano foi contratado pelo Cruzeiro no início do ano e custou cerca de 1 milhão de dólares (cerca de R$4 milhões) por 50% dos direitos econômicos do jogador. Na época, o Cruzeiro ainda perdoou uma dívida com a equipe argentina que girava em torno de R$700 mil dólares.

No entanto, o Independiente cobra o pagamento da primeira parcela, em torno de 500 mil dólares (ou cerca de R$2 milhões), que já teria vencido. O clube brasileiro ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso e ainda aguarda receber a notificação.

Até o momento, Pisano contabiliza três jogos pelo Cruzeiro em 2016, sendo um como titular. O contrato do jogador é válido até dezembro de 2018.

Vale lembrar ainda que, no início deste ano, o Defensor recorreu à FIFA para cobrar do Cruzeiro o pagamento pelo meia De Arrascaeta, contratado na temporada de 2015. De acordo com o time uruguaio, a agremiação mineira estava com as parcelas atrasadas desde o final do ano passado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos