Robinho marca três e garante o Atlético-MG no mata-mata do Mineiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Andre Yanckous/AGIF

    Robinho comemora gol pelo Atlético-MG, contra o Vila Nova, pelo Campeonato Mineiro

    Robinho comemora gol pelo Atlético-MG, contra o Vila Nova, pelo Campeonato Mineiro

O Atlético-MG está garantido na próxima fase do Campeonato Mineiro. Liderado por Robinho, autor de três gols, o time da capital mineira venceu o Villa Nova-MG por 7 a 2, na tarde deste sábado (2), no Mineirão, pela décima rodada. Junior Urso, Rafael Marisco – contra – e Lucas Pratto - duas vezes - fizeram os outros gols do compromisso.

Com o resultado, o time comandado por Diego Aguirre fica muito próximo da segunda colocação do Estadual. Para assegurar essa posição, a equipe precisa apenas de um ponto na rodada final ou torcer por tropeços de URT e América-MG.

Terminar a primeira fase do torneio regional como vice-líder é um ponto positivo na semifinal, uma vez que poderá chegar à finalíssima com dois empates e terá a oportunidade de decidir como mandante.

O Villa Nova, por sua vez, cai para a quinta posição e permanece com 14 pontos. O time de Wilson Gottardo ainda tem chances de garantir a classificação na rodada final, mas depende dos resultados dos adversários.

FICHA TÉCNICA
VILLA NOVA X ATLÉTICO-MG   

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 2 de abril de 2016 (sábado)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Igor Júnior Benevenuto
Assistentes: Celson Luiz da Silva e Sidmar dos Santos
Cartão amarelo: Tiago Baiano, Rafael Morisco, Soares (Villa Nova); Clayton, Lucas Pratto, Leandro Donizete (Atlético-MG)

Gols: Junior Urso – 1'/1ºT (0-1); Robinho – 21'/1ºT (0-2); Robinho – 27'/1ºT (0-3); Rafael Morisco (contra) – 43'/1ºT (0-4); Soares – 5'/2ºT (1-4); Mancini – 8'/2ºT (2-4); Robinho – 11'/2ºT (2-5); Lucas Pratto – 18'/2ºT (2-6); Lucas Pratto - 39'/2ºT (2-7)

VILLA NOVA: Thiago Leal; Tiago Baiano, Thiagão, Rafael Morisco e Antônio Carlos; Luís Felipe, Marielson  (Jhonatas – Intervalo) e Mancini; Thiago Silvy (Roger Guerreiro – Intervalo), Fábio Júnior e Soares.
Técnico: Wilson Gottardo.

ATLÉTICO-MG: Uilson, Marcos Rocha, Leonardo Silva (Edcarlos – 19'/2ºT), Tiago e Douglas Santos (Carlos César – 19'/2ºT); Leandro Donizete, Rafael Carioca e Júnior Urso; Robinho, Clayton (Capixaba – 26'/2ºT) e Lucas Pratto.
Técnico: Diego Aguirre.

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Atlético-MG foi soberano no primeiro tempo. Mesmo desfalcado e com três volantes, o visitante não precisou nem de um minuto para abrir o placar. Junior Urso marcou de cabeça. Depois disso, outro jogador tornou-se protagonista: Robinho. O Rei das Pedaladas balançou a rede em duas oportunidades e ampliou a vantagem. Ele ainda foi quem cobrou a falta que acarretou em gol contra de Rafael Morisco.
  • Segundo tempoO Villa Nova foi para o vestiário abatido. Mas na volta do intervalo, a equipe entrou com fome de gol e não precisou nem de dez minutos para esboçar uma reação. Soares recebeu lançamento de Roger Guerreiro, invadiu a área adversária e encobriu o goleiro. Três minutos mais tarde foi a vez de Mancini deixar a sua marca. Ele fez em penalidade máxima. Tudo sinalizava uma reação do mandante, mas os indícios ficaram para trás. Robinho voltou a aparecer e marcou o terceiro no compromisso, o quinto do Atlético. Lucas Pratto deixou o seu em cobrança de pênalti e voltou a marcar nos minutos finais.

Destaques

  • Toque de AguirrePor conta dos inúmeros desfalques, Diego Aguirre alterou a forma de atuar do Atlético-MG. O treinador apostou em uma formação com três volantes, adiantando o posicionamento de Junior Urso. O meio-campista atuou quase como um ponta de lança, chegando frequentemente à área adversária. Não é à toa que ele marcou um dos gols do Galo no compromisso deste sábado.
  • ArtilheiroRobinho vive uma fase impressionante com a camisa do Atlético-MG. O craque balançou a rede de Thiago Leal três vezes na partida deste sábado e chegou a marca de oito gols em cinco partidas. A média do camisa 7 é de 1,6 bola na rede por compromisso.

Melhores

  • Robinho, Atlético-MGImpossível não elegê-lo como o grande nome da partida. Robinho marcou três gols e ainda participou do lance em que Rafael Morisco jogou contra a própria rede. Ele, sem dúvidas, foi o nome do Atlético-MG na goleada deste sábado.

Piores

  • Rafael Morisco, Villa Nova-MGO zagueiro falhou na saída de bola, na marcação dos homens de frente do Atlético e ainda marcou um gol contra. A partida do defensor é para ser completamente esquecida.

Próximos Jogos - Atlético-MG

  1. Fluminense FLU
    Atlético-MG CAM
  2. Ponte Preta PON
    Atlético-MG CAM
  3. Atlético-MG CAM
    Palmeiras PAL
  4. Avaí AVA
    Atlético-MG CAM
  5. Atlético-MG CAM
    Vitória VIT

UOL Cursos Online

Todos os cursos