Cruzeiro vence lanterna e assegura classificação como líder do Mineiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Cruzeiro comemora gol contra o Guarani-MG

    Cruzeiro comemora gol contra o Guarani-MG

Agora ninguém tira. O Cruzeiro venceu o Guarani-MG, na tarde deste domingo (3), por 2 a 0, no Mineirão e garantiu matematicamente a classificação para a semifinal como primeiro colocado do Campeonato Mineiro. Alisson e Sánchez Miño marcaram os gols no triunfo da equipe em partida válida pela 10ª rodada do torneio.

A liderança na primeira fase dá ao time comandado por Deivid duas vantagens no estágio final do torneio. É possível assegurar o título com quatro empates consecutivos ou vitória e derrota – seja na semifinal ou na decisão – com a mesma diferença de gols. Além disso, a equipe terá a oportunidade de definir como mandante os seus compromissos.

O Guarani-MG, por sua vez, permanece como lanterna do Campeonato Mineiro. A equipe de Ramon Menezes tem nove pontos e necessita de um triunfo na 11ª rodada para assegurar uma vaga na elite do futebol estadual em 2017.

Ficha técnica
Cruzeiro x Guarani-MG

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 3 de abril de 2016 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Assistentes: Magno Arantes Lira e Fernanda Nadrea Gomes Antunes
Público/Renda: 9.285 pagantes/R$ 246.880,00
Cartão amarelo: Lucas Romero, Sánchez Miño (Cruzeiro); Lula, Carlos Renato (Guarani-MG)

Gols: Alisson – 19'/1ºT (1-0); Sánchez Miño – 35'/1º (2-0)

Cruzeiro
Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero, Ariel Cabral e Alisson; Élber, Giorgian De Arrascaeta (Matías Pisano – 25'/2ºT) e Rafael Silva (Douglas Coutinho – 22'/2ºT).
Técnico: Deivid

Guarani-MG
Jordan; Felipe Cordeiro, Lula, Anderson Jesus e Carlos Renato; Renan Silva (Murilo – 32'/2ºT), Denilson, Deyvison e Romário (Genalvo – Intervalo); Wander e Marcus Vinícius (Júnior Barros – Intervalo).
Técnico: Ramon Menezes
 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoPor incrível que pareça, o último colocado do regional teve o melhor início. Com boas jogadas de Romário e Felipe Cordeiro, a equipe de Divinópolis teve chances de marcar, mas esbarrou no bom momento vivido por Fábio. O goleiro fez ótimas defesas e evitou que a defesa do líder fosse vazada nos 45 minutos iniciais. Mesmo com a pressão inicial do visitante, foi o Cruzeiro quem chegou ao gol. Afiada desde as categorias de base, a dupla formada por Alisson e Élber foi a responsável por criar o lance que abriu o placar. O dono da camisa 11 recebeu passe do amigo e finalizou sem chances para o goleiro. Se a finalização de Alisson beirou a perfeição, a de Sánchez Miño, em cobrança de falta, foi ainda melhor. O argentino assegurou o segundo da equipe.
  • Segundo tempoSe, no primeiro tempo, o Cruzeiro teve o domínio absoluto da partida. Na volta do intervalo, a situação não foi essa. Com uma boa vantagem construída no placar, o mandante passou a valorizar a posse de bola e se descuidou dos lances de ataque. O jogo tornou-se moroso e sem criatividade de ambos os lados. A falta de ousadia do Cruzeiro levou Deivid à loucura. O treinador, por isso, substituiu De Arrascaeta por Matías Pisano e Ariel Cabral por Federico Gino. As mudanças surtiram efeito e a equipe passou a criar com mais frequência. Mas não foi o suficiente para vazar a rede de Jordan.

Destaques

  • Base em altaO Cruzeiro contou com três atletas formados nas categorias de base no time titular. O lateral direito Mayke e os apoiadores Alisson e Elber. O trio foi fundamental para a equipe alcançar a vitória sobre o Guarani-MG. Os homens de frente, inclusive, foram responsáveis pelo primeiro gol. Elber vive um momento tão espetacular que contabiliza três assistências nesta temporada. Ele é o principal garçom do elenco comandado por Deivid.
  • MuralhaÉ impossível não fazer elogios à fase vivida por Fábio. O goleiro tem feito ótimas defesas e, neste domingo, não foi diferente. Ele impediu duas finalizações de Romário no primeiro tempo. Não é à toa que o camisa 1 sofreu apenas quatro gols em dez partidas disputadas pelo time comandado por Deivid no Campeonato Mineiro.

Melhores

  • Elber, CruzeiroO meia-atacante se tornou titular na vaga de Henrique, poupado pela comissão técnica. A sua escalação não causou arrependimentos ao técnico Deivid. Pelo lado direito do meio de campo, ele fez boas investidas e criou a jogada do primeiro gol do Cruzeiro.

Piores

  • Renan Silva, Guarani-MGO volante do Guarani-MG falhou feio no lance que acarretou no primeiro gol do Cruzeiro. Ele não acompanhou De Arrascaeta no início da jogada e, quando Elber cruzou rasteiro, não foi capaz de interceptar o passe do meia-atacante, que chegou nos pés de Alisson.

Próximos Jogos - Cruzeiro

  1. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  2. Cruzeiro CRU
    Santos SAN
  3. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  4. Chapecoense CHA
    Cruzeiro CRU
  5. Cruzeiro CRU
    Bahia BAH

UOL Cursos Online

Todos os cursos