Cruzeiro vence lanterna e assegura classificação como líder do Mineiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Cruzeiro comemora gol contra o Guarani-MG

    Cruzeiro comemora gol contra o Guarani-MG

Agora ninguém tira. O Cruzeiro venceu o Guarani-MG, na tarde deste domingo (3), por 2 a 0, no Mineirão e garantiu matematicamente a classificação para a semifinal como primeiro colocado do Campeonato Mineiro. Alisson e Sánchez Miño marcaram os gols no triunfo da equipe em partida válida pela 10ª rodada do torneio.

A liderança na primeira fase dá ao time comandado por Deivid duas vantagens no estágio final do torneio. É possível assegurar o título com quatro empates consecutivos ou vitória e derrota – seja na semifinal ou na decisão – com a mesma diferença de gols. Além disso, a equipe terá a oportunidade de definir como mandante os seus compromissos.

O Guarani-MG, por sua vez, permanece como lanterna do Campeonato Mineiro. A equipe de Ramon Menezes tem nove pontos e necessita de um triunfo na 11ª rodada para assegurar uma vaga na elite do futebol estadual em 2017.

Ficha técnica
Cruzeiro x Guarani-MG

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 3 de abril de 2016 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Assistentes: Magno Arantes Lira e Fernanda Nadrea Gomes Antunes
Público/Renda: 9.285 pagantes/R$ 246.880,00
Cartão amarelo: Lucas Romero, Sánchez Miño (Cruzeiro); Lula, Carlos Renato (Guarani-MG)

Gols: Alisson – 19'/1ºT (1-0); Sánchez Miño – 35'/1º (2-0)

Cruzeiro
Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero, Ariel Cabral e Alisson; Élber, Giorgian De Arrascaeta (Matías Pisano – 25'/2ºT) e Rafael Silva (Douglas Coutinho – 22'/2ºT).
Técnico: Deivid

Guarani-MG
Jordan; Felipe Cordeiro, Lula, Anderson Jesus e Carlos Renato; Renan Silva (Murilo – 32'/2ºT), Denilson, Deyvison e Romário (Genalvo – Intervalo); Wander e Marcus Vinícius (Júnior Barros – Intervalo).
Técnico: Ramon Menezes
 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoPor incrível que pareça, o último colocado do regional teve o melhor início. Com boas jogadas de Romário e Felipe Cordeiro, a equipe de Divinópolis teve chances de marcar, mas esbarrou no bom momento vivido por Fábio. O goleiro fez ótimas defesas e evitou que a defesa do líder fosse vazada nos 45 minutos iniciais. Mesmo com a pressão inicial do visitante, foi o Cruzeiro quem chegou ao gol. Afiada desde as categorias de base, a dupla formada por Alisson e Élber foi a responsável por criar o lance que abriu o placar. O dono da camisa 11 recebeu passe do amigo e finalizou sem chances para o goleiro. Se a finalização de Alisson beirou a perfeição, a de Sánchez Miño, em cobrança de falta, foi ainda melhor. O argentino assegurou o segundo da equipe.
  • Segundo tempoSe, no primeiro tempo, o Cruzeiro teve o domínio absoluto da partida. Na volta do intervalo, a situação não foi essa. Com uma boa vantagem construída no placar, o mandante passou a valorizar a posse de bola e se descuidou dos lances de ataque. O jogo tornou-se moroso e sem criatividade de ambos os lados. A falta de ousadia do Cruzeiro levou Deivid à loucura. O treinador, por isso, substituiu De Arrascaeta por Matías Pisano e Ariel Cabral por Federico Gino. As mudanças surtiram efeito e a equipe passou a criar com mais frequência. Mas não foi o suficiente para vazar a rede de Jordan.

Destaques

  • Base em altaO Cruzeiro contou com três atletas formados nas categorias de base no time titular. O lateral direito Mayke e os apoiadores Alisson e Elber. O trio foi fundamental para a equipe alcançar a vitória sobre o Guarani-MG. Os homens de frente, inclusive, foram responsáveis pelo primeiro gol. Elber vive um momento tão espetacular que contabiliza três assistências nesta temporada. Ele é o principal garçom do elenco comandado por Deivid.
  • MuralhaÉ impossível não fazer elogios à fase vivida por Fábio. O goleiro tem feito ótimas defesas e, neste domingo, não foi diferente. Ele impediu duas finalizações de Romário no primeiro tempo. Não é à toa que o camisa 1 sofreu apenas quatro gols em dez partidas disputadas pelo time comandado por Deivid no Campeonato Mineiro.

Melhores

  • Elber, CruzeiroO meia-atacante se tornou titular na vaga de Henrique, poupado pela comissão técnica. A sua escalação não causou arrependimentos ao técnico Deivid. Pelo lado direito do meio de campo, ele fez boas investidas e criou a jogada do primeiro gol do Cruzeiro.

Piores

  • Renan Silva, Guarani-MGO volante do Guarani-MG falhou feio no lance que acarretou no primeiro gol do Cruzeiro. Ele não acompanhou De Arrascaeta no início da jogada e, quando Elber cruzou rasteiro, não foi capaz de interceptar o passe do meia-atacante, que chegou nos pés de Alisson.

Próximos Jogos - Cruzeiro

  1. Caldense-MG CAL
    Cruzeiro CRU
  2. Cruzeiro CRU
    Uberlândia UBE
  3. Tombense-MG TOM
    Cruzeiro CRU
  4. Cruzeiro CRU
    América-MG AMG
  5. Democrata-GV DGV
    Cruzeiro CRU

UOL Cursos Online

Todos os cursos