Dupla leva amizade ao campo e faz Cruzeiro ser o melhor do Mineiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Alisson e Elber, apoiadores do Cruzeiro

    Alisson e Elber, apoiadores do Cruzeiro

Sintonia. Talvez esta seja a melhor palavra para definir o que há entre Alisson e Elber dentro de campo. Eles combinam em tudo e não é à toa que se tornaram peças importantes do esquema tático de Deivid. Neste domingo (3), ambos auxiliaram na construção da vitória do Cruzeiro por 2 a 0 sobre o Guarani-MG, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

Ainda no primeiro tempo, Elber tabelou com Giorgian De Arrascaeta, chegou à linha de fundo e apenas rolou para trás. Alisson chegou em ótimas condições e finalizou no canto esquerdo de Jordan.

Não foi preciso nem levantar a cabeça para saber onde estaria o companheiro que marcou o primeiro gol do Cruzeiro. A explicação para tamanho entrosamento é simples e vem do responsável por dar a assistência:

"Eu e Alisson nos conhecemos muito cedo, desde a base. Eu, ele e Mayke. Isso nos ajuda bastante dentro de campo. Já conhecemos um ao outro. Eu pude achá-lo ali no momento do gol e ele foi muito feliz na finalização", disse Elber.

De volta ao Cruzeiro após participar da convocação da seleção brasileira sub-23, Alisson também enaltece a proximidade com o colega de equipe e revela que a amizade funciona também fora das quatro linhas.

"Acho que a amizade não tem que prevalecer só fora de campo, mas dentro de campo também. Eu fui perguntado sobre a concorrência com ele e disse que era uma concorrência sadia, que só poderia ajudar ao próprio Cruzeiro. A gente fica feliz com o crescimento do Mayke novamente, o crescimento dele, o meu crescimento. Só o Cruzeiro tem a ganhar com isso", concluiu.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos