Garantido no topo, Cruzeiro ainda pode obter 2ª maior pontuação do Mineiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Time passou parte do campeonato contestado, mas segue invicto e com alto rendimento

    Time passou parte do campeonato contestado, mas segue invicto e com alto rendimento

O início de ano tem sido uma montanha-russa para o Cruzeiro. Apesar de apresentar números regulares no Campeonato Mineiro, o futebol mostrado em campo nem sempre foi digno de elogios. O início da carreira ainda curta de Deivid começou bastante questionado e só após vencer de forma convincente o clássico mineiro o treinador ganhou uma trégua. Contudo, apesar das cobranças que ainda existem e da necessidade de melhora, reconhecida pelo próprio comandante, o invicto Cruzeiro tem a chance de terminar a primeira fase do estadual com a segunda melhor marca de um clube desde que o campeonato começou a ser disputado no atual modelo, com 12 times, em 2005.

Os atuais 26 pontos já garantem o Cruzeiro na liderança do Mineiro, além da vantagem na semifinal e uma eventual final. Se somados mais três pontos no desfecho da primeira fase, o clube só ficará abaixo de sua própria pontuação há três anos, quando alcançou os 31. Mas para isso, os reservas de Deivid terão que superar o desesperado Boa Esporte, 11º colocado que ainda luta para ficar na elite mineira.

"É um jogo importante. O jogo mais importante é sempre o próximo, independente de tabela, de adversário. Sempre que entramos em campo é o Cruzeiro que está em campo, é o nosso nome. Então é a chance de quem não vem entrando sempre, poder mostrar a qualidade para o torcedor, que vai ficar conhecendo e confiando nestes atletas", falou o goleiro Rafael, que terá a rara chance de substituir Fábio no gol celeste.

Nas temporadas de 2012 (com o Atlético) e 2014 (Cruzeiro), o líder da primeira fase alcançou os 29 pontos ao fim dos onze jogos. O melhor aproveitamento na última década, como já informado, pertence ao time celeste, com 31 pontos e 93,9% de rendimento em 2013. Na ocasião, o clube conseguiu as vantagens, mas parou nas finais para o rival alvinegro.

Para a partida contra o Boa, Deivid já indicou que vai poupar seus principais jogadores e escalar um time misto em campo. A oportunidade será importante para xarás Bruno Nazário e Bruno Ramires, que sequer entraram em campo oficialmente em 2016. O time titular deverá ser formado com: Rafael; Mayke, Leo, Bruno Viana e Fabrício; Bruno Ramires, Gino, Marciel e Bruno Nazário; Matías Pisano e Douglas Coutinho.

Pontuação dos líderes ao final da primeira fase mineira desde 2005:

2005: Cruzeiro, 26 pontos
2006: Ipatinga, 25 pontos
2007: Cruzeiro, 25 pontos
2008: Cruzeiro, 26 pontos
2009: Atlético, 26 pontos
2010: Cruzeiro, 24 pontos
2011: Cruzeiro, 28 pontos
2012: Atlético, 29 pontos
2013: Cruzeiro, 31 pontos
2014: Cruzeiro, 29 pontos
2015: Caldense, 25 pontos

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos