Só duas das dez vitórias do Cruzeiro no ano seriam úteis contra o América

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press

O Cruzeiro necessita vencer o América-MG, no próximo domingo (24), no Mineirão, por dois ou mais gols de diferença para assegurar a classificação à final do Campeonato Mineiro. O histórico, porém, não é tão positivo nesta temporada. Apenas dois dos dez triunfos que obteve em 2016 seriam úteis ao time.

As únicas vezes que venceu pela diferença necessária foram nos jogos contra o Uberlândia (3 a 0), pela sétima rodada do Estadual, no Mineirão, e Guarani (2 a 0), pela 10ª rodada do torneio regional, também no Gigante da Pampulha.

Nos outros oito triunfos, os comandados de Deivid jamais alcançaram uma vitória por mais de um gol de diferença. A equipe ainda bateu Tombense, Tupi, Tricordiano, Caldense, Atlético-PR, Villa Nova-MG, Atlético-MG e Boa Esporte, respectivamente.

Mesmo com toda dificuldade encontrada para vencer as partidas por dois ou mais gols de diferença, Rafael Silva confia na classificação do Cruzeiro para a decisão do Campeonato Mineiro. "É difícil para eles e para a gente também (jogar um clássico). A gente tem todas as condições de, no Mineirão, reverter este resultado", afirmou o artilheiro do Cruzeiro, com seis gols assinalados, na saída do estádio Independência, nesse sábado (16).

O atacante não é o único que crê em uma virada para alcançar uma vaga na decisão do Estadual. O goleiro Fábio também está confiante: "A gente tem que pensar. Não estava dando certo, mas tem a segunda partida. 2 a 0 é um placar que a gente tem condição de reverter lá no Mineirão", disse o capitão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos