Atlético-MG divulga balanço patrimonial, aumenta dívida e reduz déficit

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG

    Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG

O Atlético-MG já entregou aos conselheiros o seu balanço patrimonial referente a 2015, o qual será divulgado em um jornal de grande circulação do país até 30 de abril (sábado). E os números dão esperança aos apaixonados pelo clube. Apesar do prejuízo de R$ 11,9 milhões, o clube apresentou uma evolução considerável em relação a 2014, quando fechou a temporada com um déficit de R$ 48,4 milhões.

O que motivou a queda do prejuízo foi a elevação da receita. Em 2014, quando faturou o título inédito da Copa do Brasil e a Recopa Sul-Americana, a agremiação arrecadou R$ 178,4 milhões. No ano passado, mesmo sem troféus de grande relevância, os valores arrecadados foram muito superiores: R$ 244,6 milhões.

Conforme o documento assinado pelo presidente Daniel Nepomuceno, a dívida do clube também cresceu em relação ao período anterior. O Atlético acumulava um débito de R$ 441,1 milhões. Entretanto, ao término de 2015, os números atingiram R$ 452,2 milhões.

A equipe de reportagem do UOL Esporte tentou contato com o mandatário atleticano, mas ele não atendeu às ligações. A expectativa é que o dirigente se pronuncie sobre o caso em sua próxima aparição na imprensa.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos