Com ares de tensão, Atlético vence URT e é o primeiro finalista do Mineiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Sem conseguir vencer a URT em dois confrontos como visitante no ano, o Atlético-MG recebeu a equipe de Patos de Minas para decidir quem seria o primeiro finalista do estadual. No primeiro jogo da semifinal, empate por 2 a 2 no interior do estado. Desta vez, no Horto, o time provou mais uma vez a força do adversário. Mas deu a lógica. Mesmo com muita dificuldade, os comandados de Aguirre construíram a vitória no segundo tempo, venceram por 2 a 0, avançaram para a decisão e seguem vivos na luta pelo bicampeonato Mineiro.

A URT se postou muito fechada durante todo o primeiro tempo, e pouco foi ameaçada. Somente na etapa final, Lucas Pratto deu mais tranquilidade ao Atlético, que se beneficiava do empate, mas que vivia ares de tensão em campo. Já nos acréscimos, Rafael Carioca ainda encontrou o cantinho do goleiro Follmann e decretou a vitória.

A partir de agora, o Galo já muda a chave para a Libertadores. Nesta quarta, a equipe enfrenta o Racing, na Argentina. Pelo Campeonato Mineiro, na outra chave da competição, Cruzeiro e América-MG se enfrentam às 16h deste domingo, no Mineirão. No duelo da ida, o Coelho venceu por 2 a 0 e abriu uma boa vantagem.

ATLÉTICO-MG 2x0 URT

Motivo: Jogo de volta, semifinal do Campeonato Mineiro 2016
Data/Hora: 23/04/2016, às 16h (de Brasília)
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Marconi Helbert Vieira (CBF/MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (CBF/MG)

GOL: Lucas Pratto, 26'2ºT (1-0); Rafael Carioca, 46'2ºT (2-0)
Cartões amarelos: Leonardo Silva, Leandro Donizete (CAM); Marcos Antônio, Carlos Magno, Mauro Viana (URT)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 16.111 presentes/R$500.440,00.

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete (Cazares - 45'2ºT), Júnior Urso e Dátolo (Clayton - 32'2ºT); Robinho (Hyuri - 35'2ºT) e Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre.

URT: Follmann; Alex Murici, Mauro Viana, Robinho e Rodrigo Crasso; Leandro Santos, Ramos, Carlos Magno (Rafael Magalhães - 23'2ºT) e Marcos Antônio (Leomir - Intervalo); Jonathan Balotelli e Kelvin (Gabriel Davis - Intervalo). Técnico: Ademir Fonseca.

Fases do jogo

  • Primeiro tempoA proposta de jogo ficou clara dos dois lados. O Atlético era só ataque, enquanto a URT se fechou toda desde o início. A marcação forte dos visitantes forçava os alvinegros a se movimentarem bastante, além de buscarem finalizações a longa distância, o que não era feito com tanta eficiência. Bem estruturado, o time de Patos de Minas só saía na boa e procurava ameaçar nos contra-ataques em velocidade, principalmente com Jonathan Balotelli. No Galo, a facilidade para desarmar contrastou com a dificuldade para passar a bola com qualidade. Apesar da iniciativa e intensidade bem superior, pouco levou perigo ao gol adversário.
  • Segundo tempoPrecisando fazer o resultado para se classificar, a URT foi obrigada a sair para o jogo, cedendo mais espaços e deixando a partida mais emocionante para os dois lados. Com mais liberdade em campo, o Atlético continuou em cima e quase marcou com Pratto, mas continuou pecando na qualidade para construir as jogadas. Do outro lado o time visitante se soltou aos poucos, ganhou confiança e exigiu boas intervenções do goleiro Victor. O desfecho da partida só mudou com a boa jogada de Robinho e Douglas Santos, que encontrou Lucas Pratto dentro da pequena área para dar um carrinho, balançar as redes e garantir de vez a classificação alvinegra. Já no final do jogo, Rafael Carioca finalizou rasteiro, no cantinho do goleiro, e fechou a conta. 2 a 0 placar final.

Destaques

  • Todos por el EcuadorAntes da partida começar, os jogadores do Atlético-MG abriram uma faixa com a mensagem "Todos por ele Ecuador", em referência às vítimas do terremoto de magnitude 7,8 que atingiu a costa norte do país. No clube mineiro, o meia Cazares e o zagueiro Erazo são equatorianos.
  • 'Assunto Libertadores' liberadoA partir de agora, o foco do Atlético volta a ser a Copa Libertadores. Nesta segunda-feira, a delegação alvinegra embarca para a Argentina. Na quarta, o clube faz o duelo de ida pelas oitavas de final, contra o Racing. A partida da volta acontecerá na semana seguinte, mas a diretoria ainda não decidiu se vai levar o jogo para o Independência ou Mineirão.
  • Campeã do interiorDurante todo o campeonato, a URT bateu de frente com os times da capital. Nos cinco jogos anteriores diante de Atlético, Cruzeiro e América, a equipe não tinha perdido nenhum. Além disso, foi a melhor colocada entre as equipes do interior do estado, o que já lhe garantiu o troféu de campeão do interior.

Melhor em campo

  • Douglas Santos, do Atlético-MG

Próximos Jogos - Atlético-MG

  1. Ponte Preta PON
    Atlético-MG CAM
  2. Internacional INT
    Atlético-MG CAM
  3. Atlético-MG CAM
    Palmeiras PAL
  4. Avaí AVA
    Atlético-MG CAM
  5. Atlético-MG CAM
    Vitória VIT

UOL Cursos Online

Todos os cursos