Como Willian "bigode" pode ajudar Deivid a seguir no Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS

    Willian mudou posicionamento quando Deivid era auxiliar técnico do Cruzeiro

    Willian mudou posicionamento quando Deivid era auxiliar técnico do Cruzeiro

Gols e holofotes. Willian roubou a cena na Toca da Raposa II nos últimos meses de 2015. Em 15 partidas sob a batuta de Mano Menezes – atualmente no Shandong Luneng, da China –, ele estufou as redes adversárias em 11 oportunidades e passou a receber tratamento de estrela. Não à toa que veste a camisa 9 na atual temporada. E foi um dos responsáveis diretos pela efetivação de Deivid como treinador. Hoje, o craque pode ajudá-lo a se manter no cargo.

A transformação do "Bigode Grosso", recém-recuperado de uma contusão muscular, em protagonista contou com a interferência de Deivid. O então auxiliar técnico escalou o atleta como centroavante na partida que antecedeu a estreia de Mano. A partir daí, ele iniciou uma relação bem íntima com as redes.

O sucesso nas rodadas seguintes deu moral a Willian e consequentemente ao membro da comissão técnica fixa do Cruzeiro, que percebeu o melhor rendimento do atacante como homem-gol. Este, inclusive, foi um fator que pesou na decisão da diretoria em promover Deivid ao cargo que ocupa atualmente.

"O Willian foi muito importante nesse processo, porque fui eu que mostrei para ele onde ele tinha que jogar, que ele tinha um chute muito bom, que ele tinha que ficar mais perto do gol. Ele me chamou, acabou gostando e aí conseguiu desempenhar o trabalho dele que ele tinha encontrado dificuldades no meio do ano", afirmou o treinador cruzeirense ao UOL Esporte.

O atacante volta a ter condição de jogo neste fim de semana. Ele, inclusive, está à disposição da comissão técnica para enfrentar o América-MG, neste domingo (24), às 16h (de Brasília), pela partida de volta da semifinal do Campeonato Mineiro. O Cruzeiro necessita vencer por dois ou mais gols de diferença para chegar à decisão.

Willian pode ser o responsável novamente por auxiliar Deivid em uma situação complicada. O treinador está na berlinda depois do revés para o América no jogo de ida da semifinal do Estadual e do empate com o Campinense, na estreia da Copa do Brasil. E o atacante que se recuperou de lesão muscular recentemente pode se tornar o herói do ex-centroavante mais uma vez.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos