Semana do Atlético começa com viagem e definição de estádio na Libertadores

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Clube atuou no Horto por duas vezes, mas diretoria ainda não confirmou aonde irá jogar

    Clube atuou no Horto por duas vezes, mas diretoria ainda não confirmou aonde irá jogar

A tarefa do final de semana já foi concluída. O Atlético-MG eliminou a URT e garantiu a vaga na final do Campeonato Mineiro pela décima vez seguida. A partir de agora, o clube se prepara para completar mais uma "etapa de definições", conforme dito por Aguirre. Por isso, o estadual fica novamente em segundo plano e o time volta todo o foco para a Copa Libertadores. No mesmo dia em que a delegação embarca para a Argentina, a diretoria tem que decidir aonde vai mandar o jogo da volta, seja no Mineirão ou Independência.

A dúvida sobre qual estádio escolher já é antiga e divide opiniões também na torcida. Enquanto o Horto tem como principal atrativo sua mística e a pressão de um caldeirão lotado, o Mineirão tem como maior diferencial sua capacidade de receber um público muito superior, além de uma renda também bem mais elevada com a bilheteria. Durante a fase de grupos, os jogos contra Independiente del Valle e Colo Colo foram no Independência, levando 20.851 e 21.201 torcedores, respectivamente. Na despedida contra o Melgar, a partida foi no Mineirão, que comportou 36.031 pessoas.

"Para mim, Mineirão ou Independência, tanto faz. A diretoria é que define. O mais importante é que a equipe jogue bem. O que o presidente definir está tudo bem", falou o técnico Aguirre.

O embarque para Buenos Aires está previsto para acontecer às 9h55 no Aeroporto de Confins. Às 16h30 (horário de Brasília), Aguirre comandará um treinamento fechado no CT da AFA (Associação de Futebol da Argentina). Somente na terça-feira, a atividade que encerra a preparação para o jogo será aberta para os profissionais da imprensa, no estádio El Cilindro, local do duelo. Até lá, o departamento de futebol já terá municiado a comissão técnica e jogadores com todas as informações possíveis para que não sejam surpreendidos em Avellaneda, região metropolitana de Buenos Aires.

"Desde quinta-feira, trabalhamos com departamento de futebol, com apoio de quem cuida dos vídeos, para buscar informações sobre o adversário. E estamos tirando conclusões, analisando as coisas boas que eles têm e as suas dificuldades. Temos que preparar para uma competição duríssima. Tenho confiança no que o time pode fazer e sei que é possível pensar em passar de fase", concluiu o treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos