Lesão semelhante à de Neymar tira Robinho dos primeiros jogos do Atlético

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Capitão da seleção brasileira no amistoso contra a Colômbia, o atacante Robinho chegou a 100 jogos com a camisa canarinho. Mas o que era para ser uma data especial para o jogador, que completou 33 anos nessa quarta-feira, virou uma dor de cabeça para o técnico do Atlético-MG, Roger Machado, e para os torcedores atleticanos. Robinho se machucou no último lance do primeiro tempo e vai desfalcar o clube mineiro nos primeiros jogos de 2017.

O camisa 7 do Brasil levou uma pancada nas costas e vai desfalcar o Atlético nos primeiros compromissos do ano. Não existe um prazo exato para o retorno do atacante, mas expectativa é que o artilheiro do futebol brasileiro em 2016 fique pelo menos três semanas no departamento médico.

A lesão de Robinho, de acordo com o médico do Brasil e também do Atlético, Rodrigo Lasmar, é muito semelhante à contusão que tirou Neymar da Copa do Mundo de 2014. No Mundial disputado no Brasil, o atacante do Barcelona foi dominar uma bola e recebeu uma joelhada do lateral Zuñiga, coincidentemente também da Colômbia. A lesão tirou o principal jogador brasileiro da Copa. Classificado para a semifinal, o Brasil não contou com Neymar, que voltou a jogar somente pelo Barcelona, em agosto daquele, pouco mais de um mês depois do jogo realizado no Castelão, em Fortaleza.

"O Robinho no jogo contra a Colômbia, sofreu um trauma na região posterior, próximo a região lombar, uma pequena fratura no processo transverso da terceira vértebra lombar. Uma fratura pequena, incompleta, no osso da coluna lombar, num processo ósseo que se localiza em uma vértebra bem baixa. O processo de recuperação não vai demorar poucos dias, mas não será tão longo, porque foi uma fratura incompleta e sem desvio", explicou o médico Rodrigo Lasmar.

Assim, Robinho vai desfalcar o Atlético nos primeiros jogos do Campeonato Mineiro e da Primeira Liga, incluindo o clássico da próxima semana, contra o Cruzeiro. Mas como Robinho teve uma lesão mais leve se comparada com a que teve Neymar, há mais de dois anos, o atacante deve ter condições de jogar na estreia da Libertadores, dia 8 de março, contra o Godoy Cruz, na Argentina.

Sem Robinho, o técnico Roger Machado vai ter de pensar numa alternativa para o time que vai estrear no Campeonato Mineiro, neste sábado, contra o América, de Teófilo Otoni, às 17h, no Independência. Cazares aparece como o mais cotado, mas Roger tem também Otero, Clayton, Hyuri e Carlos como opções. Ou até mesmo Lucas Pratto ou Rafael Moura, para atuar com Fred, caso opte por uma formação com dois centroavantes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos