Com ressalvas, Roger aprova Atlético-MG com esquema para ter Fred e Pratto

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Roger Machado quer melhorar o Atlético-MG para ter Fred e Pratto juntos

    Roger Machado quer melhorar o Atlético-MG para ter Fred e Pratto juntos

No terceiro jogo da temporada, o Atlético-MG mudou a forma de jogar. Para ter Fred e Lucas Pratto juntos, o time mineiro deixou de lado o esquema com dois volantes e três meias para jogar com três volantes e um armador. Além do resultado, o triunfo por 3 a 0 sobre o Tombense, o técnico Roger Machado ficou satisfeito com o que viu no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé.

O técnico do Atlético apenas alertou sobre alguns erros de marcação, mas algo que ele espera corrigir com o tempo. "É ajustar. Infelizmente, algumas coisas, pela falta de tempo, você precisa arriscar dentro de uma competição importante. Isso não é o ideal", disse Roger, que explicou a maneira como o Atlético atuou.

"Na formação de 2-3-1, era mais difícil que Fred e Pratto jogassem juntos. Era preciso trazer o Pratto para trás, fazendo com que jogasse como articulador, fugindo de suas características. Mas atuando com uma formação de losango, com um enganche e deixando o Pratto mais solto, para jogar como segundo atacante, ele pode jogador como melhor sabe.Foram muitas coisas importantes. No segundo tempo voltamos com o Pratto um pouquinho ali pelo lado, para poder tirar essa virada, essa inversão de bola do adversário. Posteriormente coloquei o Otero".

Entre os pontos positivos, Roger destacou o número de finalizações do Atlético. A equipe chutou mais vezes no rumo do gol adversário. Se somados, os jogos com América, de Teófilo Otoni, e Cruzeiro foram apenas quatro arremates no alvo. Somente contra o Tombense, o Atlético teve oito finalizações certas.

"Tem mais chance de fazer gols quem finaliza mais, obviamente. Mas hoje, por incrível que pareça, mesmo mais forte para marcar, a gente conseguiu finalizar mais. Quando você consegue roubar a bola para articular bem o seu ataque, você chega com mais lucidez e definir com mais facilidade. Como eu já disse, títulos são decisivos pelo ataque, mas se constroem pela defesa", comentou Roger, que também destacou o fato de não sofrer gols, a segunda vez em três nesta temporada.

"Como treinador a gente sempre enxerga coisas que precisam melhorar, mas o resultado foi importante. Deixando o zero no placar, determinante e importante para conquistar a vitória".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos