Cruzeiro goleia com dois de Sóbis, segue 100% e assume a ponta do Mineiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Felipe Couri/Light Press/Cruzeiro

    De falta, Sóbis inaugurou o placar para o Cruzeiro contra o Tupi em Juiz de Fora

    De falta, Sóbis inaugurou o placar para o Cruzeiro contra o Tupi em Juiz de Fora

Em seu quinto compromisso oficial de 2017, o Cruzeiro saiu de Belo Horizonte pela primeira vez e continuou apresentando o mesmo futebol dos jogos anteriores. Nesta tarde de sábado, o time celeste visitou o Tupi, em Juiz de Fora, e venceu mais uma vez. Em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, Mano Menezes escalou seus principais jogadores e viu seu time triunfar por 4 a 0. Os gols da partida foram marcados por Rafael Sóbis (duas vezes), Léo e Robinho.

Com o resultado, o Cruzeiro foi aos nove pontos e assumiu provisoriamente a liderança. Para ficar no topo, o time passa a secar o rival Atlético-MG e o Uberlândia, que se enfrentam neste domingo. Um empate entre as equipes manterá a Raposa na ponta. Se um deles vencer, terá que superar o atual saldo de gols celeste, que é de seis gols. Já o Tupi amarga sua segunda derrota na competição e permanece com apenas um ponto. Na próxima rodada, o Galo Carijó visita o Tricordiano, enquanto o Cruzeiro pega a URT. Antes disso, a equipe de BH visita o Volta Redonda, pela Copa do Brasil.

Melhor da partida, Sóbis fez de tudo em campo

Felipe Couri/Light Press/Cruzeiro

Autor de dois gols, Rafael Sóbis mostrou que não se abateu com a "pressão" do reserva Ramón Ábila. Nas partidas anteriores, o argentino marcou quatro gols em dois compromissos. Diante do Tupi, Sóbis não deixou para menos e saiu de campo com dois gols, sendo um de falta que inaugurou o marcador. Antes do intervalo, o jogador também ofereceu uma linda assistência para Robinho ao tocar de letra para o companheiro na entrada da área.

Caça-Rato se esforça, mas passa em branco de novo

Principal contratação do Tupi para a temporada, o atacante Flávio Caça-Rato passou em branco mais uma vez. Esforço e movimentação não faltaram para ajudar na construção das jogadas. O folclórico "CR7 brasileiro" deu certo trabalho aos zagueiros e até canetou o adversário, mas repetiu o desempenho nos números dos primeiros jogos e não saiu do zero.

De pé em pé, Cruzeiro foi soberano e sobrou em campo

Toques rápidos, envolventes e com velocidade pelas laterais. O Cruzeiro fez de tudo para construir sua vitória ainda no primeiro tempo e conseguiu traduzir facilmente suas boas jogadas em gols. Além da frequente movimentação, Sóbis chamou atenção na cobrança de falta de longe que abriu o placar do jogo. Pelos lados, Ezequiel foi outro destaque e de lá colocou a bola na cabeça de Léo, autor do segundo tento. Antes do intervalo, Robinho ainda fechou com chave de ouro a linda jogada de toques rápidos (incluindo um de letra) que terminou com a finalização rasteira com categoria. Tranquilo com a larga vantagem, a equipe continuou dominante na etapa final, mas tirou o pé e não passou sustos para garantir a vitória. No apagar das luzes, ainda deu tempo de Sóbis marcar seu segundo gol no jogo e fechar a conta após roubar a bola do adversário e chutar cruzado.

Bom momento do Tupi durou dez minutos e só

Com muitas dificuldades na marcação, o Tupi sofreu para tentar parar o Cruzeiro. O time de Juiz de Fora poderia até ter mudado o cenário da partida se tivesse aproveitado melhor uma possível "bola do jogo". Por dez minutos, a equipe de Juiz de Fora aproveitou as linhas altas dos visitantes e forçaram bem os contra-ataques. Em um deles, Juninho passou pelo goleiro Rafael, mas se atrapalhou dentro da área e perdeu a chance de inaugurar o placar. Depois disso, o que se viu só o passeio do Cruzeiro e as tentativas de reação do Tupi, já tardias, não ameaçaram.

Mano vê concorrência aumentar em outra boa atuação

O técnico Mano Menezes só tem a comemorar a forte concorrência no time do Cruzeiro. Se os reservas se destacaram nos últimos jogos, não foi diferente com os principais atletas. Após boas partidas de Mayke, Ezequiel respondeu à altura para defender seu posto na lateral direita e fez uma ótima partida, anotando ainda uma assistência para o gol de Léo. No ataque, Sóbis também não se intimidou com as recentes atuações do goleador Ábila. Com bastante movimentação, o camisa 7 foi um dos nomes do jogo e ainda marcou um golaço de falta.

TUPI 0x4 CRUZEIRO

Motivo: 3ª rodada, Campeonato Mineiro 2017
Data/Hora: 11/02/2017, às 16h30
Local: Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Assistentes: Magno Arantes Lira e Frederico Soares Vilarinho (ambos de MG)

GOLS: Rafael Sóbis, 19'1ºT (0-1); Léo, 26'1ºT (0-2); Robinho, 47'1ºT (0-3); Rafael Sóbis, 461'2ºT (0-4)
Cartão amarelo: Carlos Júnior, Marcel (TUPI); Léo, Diogo Barbosa (CRU)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 5.406 pagantes/6.037 presentes/R$128.160,00

TUPI: Gideão; Euller, Elivelton, Edmário e Bruno Santos; Marcel (Leandro Ferreira - 11'2ºT), Bonilha e Juninho (Sávio - Intervalo); Caça-Rato (Jajá - 11'2ºT), Carlos Júnior e Matheus Pato. Técnico: Éder Bastos.

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Léo, Kunty Caicedo e Diogo Barbosa (Fabrício - 28'2ºT); Henrique, Ariel Cabral; Arrascaeta (Elber - 39'2ºT), Robinho e Alisson (Rafinha - 25'2ºT); Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos