Após artilharia em 2016, Robinho deve atuar em nova função no Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético

    Robinho deve estrear na temporada 2017 neste domingo, contra o América-MG

    Robinho deve estrear na temporada 2017 neste domingo, contra o América-MG

Nenhum jogador no futebol brasileiro fez mais gols do Robinho na temporada passada. Foram 25 gols com a camisa do Atlético-MG, pelo Campeonato Mineiro, Copa Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Fazer com que o atacante tenha outro excelente ano é o desafio do técnico Roger Machado.

Como Robinho se machucou defendendo a seleção brasileira, em amistoso realizado no final de janeiro, contra a Colômbia, o treinador atleticano ainda não teve a oportunidade de ter Robinho à disposição em nenhuma partida. Nos primeiros cinco jogos de 2017, o goleador atleticano estava no departamento médico.

Mas Robinho pode enfrentar o América-MG, no clássico válido pela quarta rodada do Estadual. Recuperado de uma lesão na costela, o camisa 7 treina normalmente na Cidade do Galo e já está liberado pelo departamento médico. O aproveitamento do jogador, neste momento, depende apenas da decisão de Roger Machado.

E o técnico do Atlético quer contar com Robinho o mais rápido possível. Roger tem até o lugar no time para que o camisa 7 entre e possa render muito bem. Apesar do histórico de sucesso atuando pelo lado esquerdo, Roger deseja ver Robinho centralizado.

"Eu vejo, neste momento, se quiser gerenciar um pouco melhor o esforço do Robinho, é pelo centro. Para ele ser um meia-atacante, ao lado do Elias, no tripé de meio. Se a gente quiser ter um pouco mais de parceria, ali pelo lado, com Robinho, Danilo e Fábio (Santos), vai ser aberto pela esquerda. O Robinho jogou quase a vida toda pela esquerda. É difícil vê-lo pela direita, embora seja possível vê-lo também dessa forma. Inicialmente eu vejo pelo centro, para que de posse (da bola), ela possa ser um articulador e também um finalizador, gerenciando um pouco melhor o seu esforço", explicou o treinador do Atlético.

Pelo lado esquerdo ou centralizado? Qual a preferência de Robinho? Segundo o próprio jogador, tanto faz. Embora tenha atuado quase sempre pela esquerda, o atacante atleticano lembra que em alguns momentos da carreira já atuou mais centralizado. Sendo assim, Robinho se coloca à disposição de Roger para que o treinador o escale da maneira que achar melhor.

"A posição que eu mais joguei foi aberto do lado esquerdo. Também já joguei pelo meio, atrás do centroavante. Não tenho nenhum problema de jogar nas duas posições. Não tenho preferência

Caso opte por Robinho desde o início para o clássico com o América-MG, Cazares é quem perderia a vaga na equipe titular. No que depender da torcida dos companheiros, o atacante vai estar de volta ao time contra o América.

"O nome Robinho já é muito grande e os números dele comprovam a importância que ele tem para o time. Tomara que esteja com a gente no próximo jogo", disse o lateral Danilo, que tem atuado como meia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos