De saída. Sem espaço no Atlético-MG, Hyuri deve voltar para futebol chinês

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Hyuri disputou 36 partidas pelo Atlético-MG e marcou somente quatro gols

    Hyuri disputou 36 partidas pelo Atlético-MG e marcou somente quatro gols

No começo do ano passado, Hyuri chegou ao Atlético-MG após duas temporadas no futebol chinês, defendendo o Guizhou Renhe. Para contar com o meia atacante que se destacou no Botafogo, no Campeonato Brasileiro de 2013, o clube mineiro pagou cerca de US$ 1 milhão (cerca de R$ 4 milhões na cotação da época). Mas Hyuri jamais rendeu o que se esperava dele.

O provável destino de Hyuri é o futebol chinês, como informou a Rádio Inconfidência. O clube, no entanto, não foi revelado. A transação precisa ser efetuada nas próximas horas, já que a janela de transferência na China se feche neste dia primeiro de março. Para liberar o atleta por empréstimo de uma temporada, o Atlético vai receber uma compensação financeira.

Entre uma boa jogada e outa, Hyuri não se destacou com a camisa do Atlético. Então dono da 17, o meia-atacante até que teve bons momentos, como os os jogos na Florida Cup de 2016, inclusive com o gol sobre o Corinthians, que garantiu o título do torneio amistoso ao Atlético, além do gol no Colo-Colo, pela fase de grupos da Libertadores.

Mas não passava disso. Hyuri jamais conseguiu dar sequência aos bons momentos. Diante da grande concorrência, que ficou ainda maior no segundo semestre do ano passado, quando Maicosuel retornou de empréstimo e Fred chegou do Fluminense, Hyuri ficou muito tempo sem jogador. Foram somente nove partidas entre julho e dezembro do ano passado.

E 2017 não começou diferente. Hyuri atuou por alguns minutos na vitória sobre o América, de Teófilo Otoni. Apareceu algumas vezes na lista de relacionados, nas não é presença constante. Dos sete jogos do Atlético no ano, Hyuri ficou fora de três, inclusive do último, contra o Democrata-GV.

Curiosamente, o meia-atacante estava relacionado para o jogo desta quarta-feira, contra a Chapecoense, pela Primeira Liga. Porém, Hyuri sequer treinou com os demais jogadores. O atleta até que apareceu no gramado da Cidade do Galo, mas se despediu dos companheiros de clube e também dos funcionários. Sem confirma a existência da negociação, o Atlético informou apenas que Hyuri fez um trabalho interno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos