Mano Menezes elogia início, mas quer o Cruzeiro longe dos holofotes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Lucas Uebel/Getty Image

    Mano Menezes evita empolgação com momento do Cruzeiro

    Mano Menezes evita empolgação com momento do Cruzeiro

Mano Menezes quer que o Cruzeiro fique longe dos holofotes. Apesar da invencibilidade nos primeiros jogos do ano e o bom futebol apresentado por seus comandados, o treinador reforça a necessidade de seguir fora de evidência.

Em nove partidas, o time de Belo Horizonte obteve oito vitórias e apenas um empate, com 22 gols assinalados e cinco sofridos. O gaúcho crê que os seus atletas são enaltecido pela crítica por conta dos números alcançados até o início de março:

"A imprensa, de um modo geral, sobretudo dos outros centros, nos vê pouco na íntegra. O Cruzeiro tem feito bastante gol e começam a falar bastante. Não gostaria que falassem da gente. Por que não nos deixam quietinhos, aqui, na nossa? Eles têm que falar da gente em novembro, dezembro", afirmou.

"Até agora, nós começamos bem. É isso. Precisamos evoluir o nosso trabalho. As vitórias estão vindo e essa é a melhor forma de evoluir. Vamos tranquilos, quietinhos para buscar isso", acrescentou.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos