Robinho evita falar em erros individuais e valoriza luta no clássico

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

A falha do goleiro Giovanni no primeiro minuto e a expulsão de Fred ainda no primeiro tempo foram decisivos para o Cruzeiro sair do clássico com uma vitória por 2 a 1. Com um jogador a menos durante mais de 45 minutos e jogando praticamente desde o início do jogo em desvantagem no marcador, o Atlético encontrou muitas dificuldades para tentar reagir em campo. Após a partida, o atacante Robinho evitou falar em lances individuais e preferiu exaltar a luta dos companheiros.

"Não gosto de fazer nenhuma crítica individual. Quando perde, perde todo mundo. Tomamos o gol no inicio, mas não ficamos atrás, o time não se acovardou. Ficamos chateados de perder o clássico, mas nosso objetivo é ser campeão", comentou o camisa 7.

Mesmo após levar o primeiro gol, o Atlético ficou mais com a bola e buscou o empate. Porém, aos 26 minutos, o atacante Fred recebeu o cartão vermelho direto ao acertar um soco no zagueiro Manoel. A partir daí, a equipe voltou a ser ameaçada pelo rival. No segundo tempo, o Cruzeiro começou em cima e aumentou o marcador. Somente nos 15 minutos finais, o Galo voltou a atacar e marcou o gol de honra com Elias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos