Giovanni reconhece falha em gol de Thiago Neves: "era uma bola defensável"

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Goleiro reconheceu erro que culminou no gol cruzeirense no primeiro minuto de jogo

    Goleiro reconheceu erro que culminou no gol cruzeirense no primeiro minuto de jogo

Substituto de Victor, o goleiro Giovanni não teve uma jornada feliz na derrota do Atlético-MG para o Cruzeiro por 2 a 1, no último sábado (01), no Mineirão. Nas palavras do próprio camisa 30, ele 'aceitou' uma bola defensável em chute de Thiago Neves logo no segundo minuto de partida, em um gol apontado como decisivo para o resultado negativo.

"Era uma bola defensável. Todo mundo sabe o nível de trabalho que venho fazendo durante a temporada, a torcida do Atlético me conhece. Infelizmente aconteceu em um dia ímpar, agora é trabalhar para melhorar", falou.

Esta foi a segunda vitória do Cruzeiro diante do rival na temporada de 2017. A primeira aconteceu há exatos dois meses, quando venceu por 1 a 0 em partida disputada pela Primeira Liga.

A partir de agora, com os dois clubes garantidos na semifinal do Mineiro, pode-se dizer que a única possibilidade de um novo encontro pelo estadual acontecer é na decisão do torneio, já que o Atlético-MG vai permanecer na primeira colocação e o Cruzeiro confirmou o segundo posto. Se isso acontecer, o goleiro do Galo promete um desfecho positivo para a equipe.

"Tem mais jogo pela frente. Ainda vamos encontrar com eles de novo. Agora vamos trabalhar porque temos mais jogos importantes nesta caminhada. Mas ainda vamos encontrá-los novamente e aí com certeza será diferente", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos