De "problema" à solução: Arrascaeta e T.Neves provam que podem jogar juntos

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Divulgação/Cruzeiro

    Juntos, por que não? Parceria Thiago Neves/Arrascaeta começa a dar frutos dentro de campo

    Juntos, por que não? Parceria Thiago Neves/Arrascaeta começa a dar frutos dentro de campo

Quando Thiago Neves foi anunciado no Cruzeiro, o meia De Arrascaeta foi apontado como um dos possíveis concorrentes do camisa 30 no time titular. O uruguaio não escondeu que se sentia mais à vontade na faixa central do campo, posição em que o companheiro também se deu bem ao longo da carreira. Questionado sobre a 'dor de cabeça' para resolver, Mano mostrou tranquilidade e assegurou que era possível encaixar os dois no time se assim desejasse. Hoje, exatos três meses depois, a parceria começa a ganhar força e a dupla surge como um dos pilares do Cruzeiro neste início de temporada. Nos dois últimos jogos, a tabelinha funcionou bem e três dos quatro gols da equipe saíram dos pés de um com a assistência do outro.

Das oito vezes em que Thiago Neves atuou como titular, Arrascaeta esteve presente em seis, também começando a partida entre os onze jogadores iniciais. Na sua estreia contra o São Francisco, pela Copa do Brasil, Thiago tomou conta da região central, enquanto o companheiro caiu pelo lado esquerdo. Esse posicionamento se repetiu na maioria das partidas seguintes, mas sem a obrigação de guardar lugar. Na base da conversa, os meias revezam posições, confundem os adversários e já protagonizam bons momentos juntos, como no clássico contra o Atlético-MG e no último jogo diante do Nacional-PAR.

"O Thiago tem muita qualidade, ajuda muito o time. Temos de desfrutar disso dentro de campo e ajudá-lo também. É sempre bom conhecer cada vez mais nossos companheiros dentro de campo, saber da sua movimentação. Essa conversa nos treinamentos é muito boa. Ele é um cara que escuta muito, é fundamental ter essa parceria fora de campo também", disse Arrascaeta.

Na prática, os primeiros resultados em números surgiram no último fim de semana. O primeiro gol de Neves pelo Cruzeiro aconteceu no clássico, após um passe de Arrascaeta. No segundo tempo de jogo, foi a vez de o uruguaio ser retribuído e receber a assistência do companheiro antes de marcar. No início desta semana, a tabelinha se repetiu pela Sul-Americana e Arrascaeta novamente presenteou Thiago Neves.

"Os rivais precisam cuidar de jogadores com a qualidade dele. E isso acaba liberando espaços em campo para nós. É assim que tentamos ajudar uns aos outros dentro de campo", acrescentou Arrascaeta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos