Momento especial faz Dedé esquecer concorrência com a "melhor zaga do país"

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Cruzeiro

    Fim das lesões, nascimento do filho e reencontro com as redes: o momento especial de Dedé

    Fim das lesões, nascimento do filho e reencontro com as redes: o momento especial de Dedé

O início da temporada tem sido bastante proveitoso para o zagueiro Dedé. Após mais de um ano parado e se recuperando de uma série de lesões, o jogador voltou a entrar em campo recentemente e superou o trauma do departamento médico que o assombrou por um longo tempo. No último domingo, foi titular pela segunda vez e voltou a balançar as redes, algo que não acontecia desde outubro de 2014.

A alegria do retorno vem acompanhada também do momento especial como pai do pequeno Gabriel, hoje com cinco meses. Tamanha é essa mistura de sentimentos que o zagueiro evita atropelar alguma etapa e só quer aproveitar o bom momento com naturalidade. Apesar de já colher os primeiros elogios dentro de campo, Dedé procura trabalhar aos poucos para só então aumentar suas chances de concorrer com aquela que ele considera ser a melhor zaga do país.

"Eu estou bem tranquilo em relação a isso. Vejo que o Cruzeiro está bem servido em todas as posições. Em todo setor que a gente vê tem um suplente à altura. A zaga do Cruzeiro é a que eu considero a melhor do país. Eu estou trabalhando, querendo ajudar o professor, mas estou bem tranquilo com meu momento, com tudo que estou vivendo. Muito feliz por estar ajudando o time aos poucos. O resto eu deixo para o treinador analisar, mas deixo bem claro que estou bem tranquilo e consciente do que tenho para fazer e do que o Léo e o Manoel estão fazendo e fazendo muito bem", comentou.

Até o momento, Léo e Manoel formam a defesa titular do Cruzeiro. O primeiro já realizou 14 dos 19 jogos oficiais do Cruzeiro, enquanto o segundo entrou em campo por 11 vezes. Nas ocasiões em que preferiu poupar seus principais atletas, Mano recorreu a Caicedo e agora já pode contar com Dedé à sua disposição. No último domingo, a estratégia previa utilizar os suplentes. Já na próxima quinta-feira, a tarefa será novamente com os titulares, diante do São Paulo, pela Copa do Brasil.

"O bom de ter um elenco forte é isso. Serviu (jogar com os reservas) para que os titulares descansassem para chegar inteiros ao jogo com o São Paulo. Estamos bem concentrados e bem treinados, com a semana boa para o treinador focar bem no que é pra fazer. Será um decisão. A gente está bem focado na Copa do Brasil. A força do elenco ajuda nesse caso. Todo jogador está preparado para jogar. Mas é bom ter uma semana maior pra trabalhar e fazer o melhor na partida", definiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos