Autor do gol, Thiago Neves cita cansaço de quinta, mas reconhece jogo ruim

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Autor do gol do Cruzeiro que garantiu o empate em 1 a 1 diante do América-MG, no jogo de ida da semifinal mineira, o meia Thiago Neves citou um provável motivo para a atuação ruim do time celeste. A equipe voltou a jogar apenas três dias após o duelo complicado contra o São Paulo, no Morumbi, pela Copa do Brasil. Para Thiago, a partida exigiu muito da parte física dos jogadores e isso foi sentido em campo, porém, não deixou de reconhecer o desempenho aquém do esperado.

"Pesou um pouco (o cansaço). Em são Paulo o jogo foi muito corrido, nós corremos muito. Mas nosso primeiro tempo hoje também foi muito abaixo e o América marcou bem. Acordamos depois do gol e conseguimos sair com o empate", comentou o meia.

Somente após levar o gol do América, marcado por Messias, aos 16 minutos do segundo tempo, o Cruzeiro melhorou suas ações ofensivas e passou a chegar com mais qualidade. Cinco minutos depois, Ariel Cabral encontrou Diogo Barbosa, que deu a assistência para Thiago deixar tudo igual. A igualdade permite ao Cruzeiro jogar por um novo empate na partida de volta, mas o duelo difícil imposto pelo América ainda deixa a classificação em aberto para Thiago Neves.

"Ainda está em aberto, eles jogaram de igual para igual, é um time que tem muita força defensiva, sabem jogar contra equipes grandes. Vamos ver se conseguimos a classificação no próximo final de semana", disse o meia, que já contabiliza três gols pelo Cruzeiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos