Marcos Rocha critica jogo do Atlético-MG contra a URT: "parecendo rachão"

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O empate entre Atlético-MG e URT, na manhã deste domingo (16), por 1 a 1, não irritou somente a torcida que compareceu ao Mineirão, mas também os jogadores. Sem papas na língua, Marcos Rocha chegou a comparar a atuação do Galo a um rachão, alegando que os atletas estavam brincando dentro de campo.

"Até o Roger (Machado) nos falou. Estava parecendo um rachão, estávamos brincando em campo. Isso não pode em uma semifinal de Campeonato Mineiro. Infelizmente cochilamos mais uma vez e levamos o gol no começo do segundo tempo", afirmou o lateral direito.

A semana do Galo será complicada. Na quarta-feira, a equipe enfrentará o Libertad, do Paraguai, pela terceira rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores da América. No fim de semana, o time atuará contra a URT, pelo jogo de volta da semifinal do Estadual. Mesmo com jogos importantes, Marcos Rocha garante que não é necessário poupar os titulares:

"Força máxima, quem tiver condições tem que jogar, não é momento de poupar. Se tivéssemos feito um bom resultado, podia até mesclar, mas como não fizemos temos que ter com força máxima no jogo da volta", comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos