Após passar Ronaldinho, Robinho tenta primeira vitória no clássico mineiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • DOUGLAS MAGNO/AFP

    Em seu segundo ano no Atlético, Robinho ainda não conseguiu sair vencedor de um clássico

    Em seu segundo ano no Atlético, Robinho ainda não conseguiu sair vencedor de um clássico

Robinho abriu o caminho para o triunfo do Atlético-MG sobe o Libertad, pela Copa Libertadores. Foi do camisa 7 o primeiro gol atleticano na vitória por 2 a 0, no Independência. Cazares fez o segundo gol da noite. Com o tento anotado, Robinho igualou Pelé na história do torneio continental, com 17 gols cada um. Gol que também fez Rei das Pedaladas passar Ronaldinho Gaúcho em um quesito.

No Atlético desde fevereiro do ano passado, Robinho já marcou 29 gols em 67 jogos com a camisa alvinegra. Agora ele tem um a mais do que Ronaldinho, que disputou 88 jogos entre junho de 2012 e julho de 2014, anotando 28 gols. Mas em quase 15 meses de Cidade do Galo, Robinho ainda não conseguiu vencer o Cruzeiro.

Presente em quatro clássicos, o melhor resultado do atacante diante do maior rival foi um empate, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro do ano passado. Nas outras três partidas, três derrotas. Aliás, não é de agora que Robinho não se dá bem contra o Cruzeiro. O histórico é desfavorável desde quando atuava pelo Santos.

Se o primeiro jogo contra o Cruzeiro foi um dos melhores no começo de carreira do Rei das Pedaladas, com um gol na goleada do Santos por 4 a 1, no Mineirão, em 2002, desde então foi apenas mais uma vitória, no Brasileirão de 2015. Pelo Santos, Robinho enfrentou o Cruzeiro dez vezes. Foram duas vitórias, dois empates e seis derrotas.

No total, somados os números de jogos por Atlético e Santos, Robinho enfrentou o Cruzeiro em 14 oportunidades, com duas vitórias, três empates e nove derrotas. São quatro gols marcados, todos quando atuava pelo clube paulista. Pela primeira vez enfrentando a equipe celeste em uma final, o atacante atleticano espera começar a mudar o histórico.

O último encontro de Robinho com o Cruzeiro foi pela primeira fase do Campeonato Mineiro. O time celeste levou a melhor e venceu por 2 a 1. Na saída de campo, o atacante comentou rapidamente sobre a partida. Ainda abatido pelo resultado, que tirou a invencibilidade atleticana na competição, o camisa 7 deixou claro que o grande objetivo do elenco não poderia ser nada diferente do que o título.

"Ficamos chateados de perder o clássico, mas nosso objetivo é ser campeão", disse Robinho, no começo de abril, que ainda busca o primeiro título como jogador do Atlético.

Jogos do Robinho contra o Cruzeiro

Brasileiro de 2002 – Cruzeiro 1x4 Santos (1 gol)
Brasileiro de 2003 – Santos 0x2 Cruzeiro
Brasileiro de 2003 – Cruzeiro 3x0 Santos
Brasileiro de 2004 – Santos 1x3 Cruzeiro
Brasileiro de 2004 – Cruzeiro 4x4 Santos (2 gols)
Brasileiro de 2014 – Cruzeiro 3x0 Santos
Copa do Brasil de 2014 – Cruzeiro 1x0 Santos
Copa do Brasil de 2014 – Santos 3x3 Cruzeiro (1 gol)
Brasileiro de 2014 – Santos 0x1 Cruzeiro
Brasileiro de 2015 – Santos 1x0 Cruzeiro
Mineiro de 2016 – Atlético 0x1 Cruzeiro
Brasileiro de 2016 – Atlético 2x3 Cruzeiro
Brasileiro de 2016 – Cruzeiro 1x1 Atlético
Mineiro de 2017 0 Cruzeiro 2x1 Atlético

CRUZEIRO x ATLÉTICO-MG
Motivo: jogo de ida, final do Campeonato Mineiro 2017
Data/Hora: 30/04/2017, às 16h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse

CRUZEIRO: Rafael; Mayke (Ezequiel), Léo, Kunty Caicedo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson; De Arrascaeta, Thiago Neves, Rafinha; Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias; Robinho, Otero, Maicosuel (Marlone); Fred. Técnico: Roger.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos