Artilheiro, Sóbis tem tarde apagada e erra em lance crucial do clássico

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Artilheiro do Cruzeiro no ano, com nove gols marcados, o atacante Rafael Sóbis se acostumou a atuar como referência no ataque e a deixar a grande área para auxiliar na marcação. Porém, na finalíssima do Campeonato Mineiro, o camisa 7 foi escalado em uma posição diferente e não foi feliz. Caindo pelas pontas, o atacante pouco produziu na derrota por 2 a 1 diante do Galo e ainda errou em um lance crucial para seu time terminar com o vice.

Jogando pela faixa esquerda do campo, Sóbis até tentou participar do jogo ofensivo do Cruzeiro, mas parou na forte marcação do Atlético. Autor de duas faltas, o jogador chegou a chamar mais atenção por causa de suas reclamações com a arbitragem do que pela qualidade em alguns momentos. Sua melhor chance foi uma finalização de longe, já a poucos minutos do intervalo e que não ameaçou a meta de Victor.

A baixa produtividade do artilheiro continuou presente na etapa final e Sóbis ainda foi protagonista do lance que gerou o segundo gol atleticano, que praticamente deu fim ao sonho celeste do título. Das quatro perdas de bola do atacante, uma aconteceu aos 24 minutos, para Marcos Rocha. O lateral adversário passou para Cazares, que deixou Elias em ótimas condições de marcar o segundo e fechar a conta do jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos