Roger Machado cumpre promessa feita em janeiro e é campeão pelo Atlético-MG

Enrico Bruno, Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

O Atlético-MG venceu o Cruzeiro por 2 a 1 e conquistou o Campeonato Mineiro. A 44ª conquista atleticana no Estadual foi a primeira de Roger Machado como técnico. O comandante atleticano cumpriu a promessa feita durante entrevista exclusiva ao UOL Esporte, em janeiro. "O Atlético vai ser campeão", disse o treinador atleticano ainda nas primeiras semanas na Cidade do Galo.

Após comemora bastante com jogadores, torcedores, comissão técnica, diretores e família, Roger Machado foi atender a imprensa. Trajando uma camisa especial, feita pelo Atlético para comemorar a conquista do Mineiro, o treinador falou como estava se sentindo após o primeiro título no comando alvinegro.

"Saiu muito feliz, muito satisfeito, com sensação do dever cumprido. Mas acima de tudo, satisfeito com todos que tiveram envolvidos com o trabalho desde o início do ano, que fizeram o elenco chegar na decisão com maior parte dos nossos jogadores disponíveis. Feliz por ter contado com atletas que comprar minha ideia desde o começo do ano", disse Roger Machado, ressaltou a importante do título, para dar maior tranquilidade na sequência do trabalho, que foi bastante contestado após um começo irregular.

"Era importante carimbar o início de trabalho com o regional, a primeira conquista do ano. Importante pela segurança da continuidade, um título importante e bastante significativo".

Roger conquistou o primeiro título como treinador 23 anos após a primeira conquista como jogador. Em 1994 ele foi campeão da Copa do Brasil, pelo Grêmio. O treinador do Atlético viu semelhanças entre o primeiro troféu como jogador, há mais de duas décadas, com a conquista deste domingo, diante do Cruzeiro.

"O meu primeiro ano como jogador eu ganhei títulos e as conquistas deram respaldo para a continuação do trabalho, pois a diretoria estava investindo em jovens jogadores. Na carreira do treinador é a mesma coisa. Você chega em um clube novo e o título dá o respaldo. Mas é preciso continuar ganhando", disse Roger, que nesta final trocou a camisa polo do clube por uma camisa social.

"A ocasião merecia uma vestimenta adequada. E deu certo. Vou é pedir mais meia dúzia dessas", completou o treinador, na última resposta na coletiva após título.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos