Com Fred no BID, Galo se baseia em contrato e aguarda multa de R$ 10 mi

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Thomás Santos/AGIF

    Ao trocar o Atlético-MG pelo Cruzeiro, Fred assumiu uma multa de R$ 10 milhões

    Ao trocar o Atlético-MG pelo Cruzeiro, Fred assumiu uma multa de R$ 10 milhões

Quando aceitou liberar Fred do último ano de contrato, o Atlético-MG colocou algumas condições ao atacante. Além de ficar livre de pagar cerca de R$ 3,5 milhões que devia ao atacante, o departamento jurídico do Atlético colocou uma cláusula na rescisão assinada pelas duas partes. Fred teria de pagar R$ 10 milhões ao clube alvinegro caso acertasse com o Cruzeiro até dezembro de 2018, período em que teria contrato com a equipe alvinegra.

E Fred trocou mesmo a Cidade do Galo pela Toca da Raposa. Pela cláusula do contrato de rescisão entre o centroavante e o Atlético, o pagamento dos R$ 10 milhões deve ser feito no dia seguinte ao registro do atleta no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o que aconteceu no fim da tarde de terça-feira.

"Neste ato, o atleta se compromete a não firmar contrato de trabalho com o Cruzeiro Esporte Clube (MG) até 31.12.2018, sob pena de, em fazendo, indenizar o Clube em R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais), importe este que se tornar-se-á exigível e exequível no primeiro dia útil subsequente ao registro e veiculação do atleta com a mencionada agremiação no BID-E Boletim Informativo Diário Eletrônico) da Confederação Brasileira de Futebol", diz o trecho que consta no contrato de rescisão assinado por Fred, em dezembro do ano passado.

Embora a dívida seja do atleta com o clube, o Cruzeiro se comprometeu a pagar caso fosse necessário. A equipe celeste mandou até mandou o contrato para o departamento jurídico para uma análise mais profunda.

"O contrato diz que o Cruzeiro seria solidário a partir do momento em que sair no BID. Acredito que, se tiver que pagar multa, o Cruzeiro não vai fugir da responsabilidade. Assumimos isso com o Fred. Ele só veio porque o Cruzeiro assumiu a multa", explicou o vice-presidente cruzeirense, Itair Machado, pouco depois da contratação de Fred.

Apesar de o Cruzeiro estudar alguma forma de escapar da multa de R$ 10 milhões, o estafe do atacante quer que o acordo seja cumprido. Inclusive, como revelou o UOL Esporte, essa vontade já foi passada aos diretores celestes. Empresário do jogador, Francis Melo, adota esta postura desde o dia em que Fred foi anunciado como reforço do Cruzeiro, em 23 de dezembro.

"A multa foi feita em nome do Fred, porém, se houvesse essa transferência, nós teríamos que comunicar ao Cruzeiro a existência dessa multa. O Cruzeiro foi comunicado, então a partir desse momento ele se torna solidário. Acho que essa discussão não deve render. Foi um acordo, da mesma forma que o Fred também tinha alguns direitos que abriu mão. O mais importante é que tudo que foi acordado será cumprido. O Cruzeiro está ciente e é solidário dessa multa", disse Francis Melo, em entrevista à Rádio Itatiaia.

De acordo com o Cruzeiro, o dinheiro para o pagamento ao Atlético já está garantido. Segundo Itair Machado, o clube levantou uma quantia com empresários, valor que seria usado para a contratação de Lucas Pratto, que estava no São Paulo. Como a negociação com o argentino não avançou, essa quantia está disponível para o Cruzeiro efetuar o pagamento ao rival.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos