Cruzeiro vai trabalhar para diminuir ansiedade de Fred e de todo o time

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Thomás Santos/AGIF

    Para Fred, ansiedade pela reestreia no Cruzeiro atrapalhou na busca pelo gol

    Para Fred, ansiedade pela reestreia no Cruzeiro atrapalhou na busca pelo gol

Um por todos e todos por Fred. Esse foi o lema do Cruzeiro na estreia do Campeonato Mineiro, diante do Tupi, no Mineirão, nessa quarta-feira. Na partida que marcou a reestreia do centroavante com a camisa cruzeirense, ficou bastante nítido que todo o time ajudou o grande reforço da temporada na busca pelo gol neste retorno à Toca da Raposa. Porém, Fred tentou quatro vezes, mas não fez nenhum dos dois gols da vitória cruzeirense por 2 a 0. Robinho e Rafinha foram os artilheiros da noite.

O diagnóstico feito pelo técnico Mano Menezes, pelo próprio Fred e até por alguns jogadores foi de que ansiedade prejudicou o camisa 9. Apesar de ser um jogador experiente, acostumado com grandes jogos, inclusive titular da seleção brasileira em uma Copa do Mundo, Fred não escondeu que estava nervoso para o duelo com o Tupi.

Voltar a vestir a camisa do clube do seu coração mexeu com o atacante. Mas a noite não era do goleador, que chutou para fora todas as quatro tentativas que teve. A mais clara delas, aos oito minutos do primeiro tempo, foi sem goleiro. Lance que já deixou claro como seria comportamento do Cruzeiro em campo, sempre procurando por Fred.

Robinho invadiu a área do Tupi e tinha ótima condição para concluir a jogada com chute a gol, mas optou em passar a bola para o novo companheiro. De acordo com Fred, foi algo conversado por todos os jogadores antes da partida.

"Quando o torcedor lotou o estádio, o Henrique, o Rafinha, o Robinho, o Thiago Neves, todo mundo falou "fica lá, que vamos te achar para você fazer seus gols". Então eu estava com muita vontade de fazer gols. Talvez essa vontade até me atrapalhou um pouco", explicou o camisa 9.

E foi nítido durante todo o jogo como o Cruzeiro trabalhou as jogadas para que a bola chegasse para Fred. Motivo de alguns erros incomuns, já que em várias oportunidades a melhor decisão não era o passe para o centroavante. Por isso, o técnico Mano Menezes já sabe o que vai trabalhar para as próximas rodadas. O treinador quer diminuir a ansiedade do time, já que o gol de Fred vai sair naturalmente.

"Foi notado por nós também a ansiedade do time. É natural. Todo mundo sabe que o camisa 9, com o histórico do Fred, é o cara que vai marcar em momentos importantes para a gente. Então, às vezes, você quer acelerar um pouco. Mas lembro que quando o Thiago Neves chegou, até pênalti para ele fazer o primeiro gol, eu coloquei para bater, e ele errou. A experiência ensina que não precisa tanto isso, que naturalmente as coisas vão acontecer. Mas, Fred participou de triangulações, fez o pivô, ajudou nas jogadas dos gols. A equipe naturalmente vai achar seus caminhos", analisou o treinador do Cruzeiro.

Na próxima rodada o Cruzeiro vai enfrentar a Caldense, em Poços de Caldas. Como a partida está marcada para sábado, a tendência é que o treinador poupe alguns titulares, sendo Fred um deles. Sendo assim, fica a expectativa que o centroavante volte a fazer gols pelo clube celeste na próxima semana, quando o Cruzeiro recebe o Uberlândia, no dia 24, às 21h45, no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos