Promessa que já foi cobiçada na Europa busca recomeço em estreia do Galo

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini / Atlético MG

    Carlos está de volta e terá chance de mostrar seu futebol em sua posição predileta

    Carlos está de volta e terá chance de mostrar seu futebol em sua posição predileta

Junto com a estreia do Atlético-MG, o garoto Carlos entrará em campo nesta quinta-feira buscando um recomeço no Galo. Aos 22 anos, o atacante sempre foi tratado como uma das promessas da base e já até chegou a ser cobiçado na Europa, mas nunca conseguiu emplacar seu futebol e hoje quer provar que está diferente. O primeiro desafio para mostrar que realmente mudou será contra o Boa Esporte, em Varginha, jogando em sua posição predileta.

Carlos nunca escondeu sua preferência em atuar como centroavante, posição na qual chamou atenção na base, mas que teve poucas chances enquanto profissional. Devido à baixa idade e alta resistência física, o atacante foi promovido à equipe principal em 2013 e passou a ser constantemente utilizado nas pontas do campo, independente do treinador. Apesar de alguns gols, incluindo em clássicos importantes contra o Cruzeiro, Carlos nunca explodiu.

"O treinador (Oswaldo de Oliveira) veio conversar comigo e disse que vai me usar de centroavante, na minha posição. Em 2014 subi e joguei de centroavante. Eu estava até conversando ali e falando que graças a Deus vou começar o ano com oportunidade na minha posição para mostrar o que eu sei, para a bola bater em mim e entrar até sem querer", brincou o jogador.

Em 2015, o jogador entrou na mira do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Na época, a equipe do leste europeu já contava com Bernard, ex-companheiro de Carlos no Galo, e também mostrou interesse em levar outro atleticano. As conversas, porém, não evoluíram para uma negociação concreta. No ano passado, sem render o esperado em Belo Horizonte, Carlos buscou novos ares e foi emprestado para o Internacional, onde também não se destacou como deveria. Agora, volta ao Atlético mais maduro buscando enfim decolar.

"Espero que esse ano seja um ano ótimo para mim. São muitas competições. Quando o Ricardo (Oliveira) não estiver presente, vou jogar. Sei que esse ano vou ser muito bem utilizado nessa posição. Ano passado tinha eu, Fred, Pratto, Rafael Moura. Então ficou difícil jogar e optei por sair para ter mais experiência, bagagem. Hoje tenho a concorrência e sei que o Ricardo está acima de mim, mas os torcedores podem esperar que vão ver um Carlos diferente, maduro e responsável", completou.

Além de Carlos, Oswaldo irá escalar um time quase inteiro de suplentes contra o Boa Esporte. Com exceção de Victor, todos os outros atletas que irão para o jogo deverão ser reservas em 2018. Apesar disso, o torcedor já terá a chance de rever alguns velhos conhecidos como Patric, Danilo e Hyuri, além de Erik, recém-contratado.

BOA ESPORTE x ATLÉTICO-MG

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Mineiro
Data/Hora: 18/01/2017, às 19h30
Local: Estádio Melão, em Varginha
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF)
Assistentes: Felipe Costa Oliveira (CBF) e Sidimar dos Santos Meurer (CBF)

BOA ESPORTE: Fabrício; Christianno, Igor Amaral, Caíque e Romário Leiria; Hélder, Amaral, Alyson e Diego Luís; João Guilherme e Gerônimo. Técnico: Sidney Moraes.

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Bremer, Mancini e Danilo; Yago, Gustavo Blanco e Valdivia; Erik, Hyuri e Carlos. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos